Crônicas

XLI – De volta ao mundo ordinário

Publicado por Bill Braga
Data da publicação: 25/09/2017

Finalmente eu me reencontrava com a ayahuasca, e por mais que não quisesse havia uma certa expectativa naquele encontro. Não me lembro dos detalhes, mas lembro que foi algo de transcendente aquela experiência. Tomei a ayahuasca e achei leve, achei que não causaria efeito. Depois tomei por mais sete vezes naquela noite. O ritual, que é chamado de trabalho, começou com um som xamânico e continuou com um show ao vivo. Foi ...

Nações indígenas?

Publicado por Carlos Scheid
Data da publicação: 05/09/2017

Há algum tempo, em certo folheto da missa católica, muito utilizado na Região Sudeste do Brasil, encontrei uma expressão bastante repetida, mas, sem dúvida, equivocada. Trata-se da expressão “nações indígenas”, que confunde “povo” com “Estado” ou “nação”, o que não esconde uma visão ideologizada da realidade humana. Se pensamos, por exemplo, nas comunidades ciganas, a questão começa a se esclarec...

Homens, melhorem muito!

Publicado por Lara Montenegro
Data da publicação: 30/08/2017

Domingo de manhã, saio pra ver amigos tocando, programa super astral, som no clube, debaixo das árvores, um tanto de criança correndo, sol rachando, dia feliz. Logo que chego, cruzo com um conhecido, ex-namorado de uma amiga bem próxima e que depois se relacionou com outra conhecida minha, eu soube recentemente que ela estava grávida dele. Cumprimento dando os parabéns, pergunto como ele está e quando chega a nenê. Ele...

Supremacia: as sementes da guerra

Publicado por Antonio Carlos Santini
Data da publicação: 17/08/2017

Os grupos humanos sempre foram sociedades divididas. Como pano de fundo, o medo, a desconfiança, a sede de dominação, o orgulho nacional, as feridas da última guerra. Desde tempos remotos, o rótulo de “homem” só se aplicava aos habitantes do nosso vale, quem vivia no vale vizinho não merecia este nome. Fabricar inimigos estimula a circulação sanguínea… Qualquer coisa serve para iniciar o combate: a cor da p...

Lampião, cangaceiro fashion

Publicado por Sebastião Verly
Data da publicação: 09/08/2017

O Brasil dá mais um passo à frente da Europa que a cada dia mais se curva diante da nação Tupiniquim. Salve o conde Afonso Celso (1860-1938), que, com o fim da monarquia brasileira, ao ir para a Europa acompanhando o pai, Visconde de Ouro Preto, no exílio, escreveu, entre muitos outros, o livro “Porque me ufano de meu país”. Na abertura da feira de negócios Fashion Business em maio de 2012, Mara Mac ganhou exposiç...

Mentiram para nós…

Publicado por Antonio Carlos Santini
Data da publicação: 07/08/2017

Disseram para nós que a República iria cortar pela raiz os privilégios da nobreza imperial e o luxo da aristocracia dominante. O rei foi deposto, os barões exilados, e o povo continua passando fome, enquanto os deputados depositam dólares nos paraísos fiscais. Disseram para nós que o jugo dos Dez Mandamentos era opressor e impedia a liberdade do homem. Em lugar do Decálogo, milhares de leis invadem a área do arbítrio...

TV, objeto de cama e mesa

Publicado por Carlos Scheid
Data da publicação: 31/07/2017

Quem acompanha o itinerário da televisão no Brasil, desde os idos de setembro de 1950, deve ter notado a maré crescente do sexo que invadiu novelas e programas de auditório, com destaque especial para a propaganda, quando era praticamente impossível anunciar um novo modelo de automóvel sem que uma jovem bonita e pouco vestida fosse mostrada junto ao veículo. Pois os tempos estão mudando. Não sei se por saturação, qu...

Momento

Publicado por Leila Gebrim
Data da publicação: 27/07/2017

Até que ponto se pode morrer em vida. Em que momento lutar deixa de ter sentido. Como se afasta a dor de não pertencer, de ter partido sem saber que se partiu. São tantas frases atropelando o juízo que nem chegam a ser perguntas, mesmo porque nem sei se cabem respostas. Lembrar que um dia fui filho antes de ser pai, ser filha antes de ser mãe, que a noite me pariu antes do clarear, que clareando achei que fazia uma vida, ...