Tamanho da Letra: [A-] [A+]

Jornada

Publicado por Sânia Campos em Poesia
data: 14/09/2011

Quem diria,

Que um dia

Arriscaria escrever poesia?!

 

Uma grande ventania

Carregou para bem longe

A tristeza, o medo e a melancolia!

E assim

Abri as portas para a alegria.

E agora

Como as águas calmas de um rio,

Tudo fluía!

 

Devagar

Fechei os olhos e enxerguei

Tantas coisas que eu não via.

Sentia…

Compreendi que a vida nos desafia

Aprender e agradecer a cada dia,

Cada palavra, cada encontro

Cada semente, cada fruto…

Tudo tem serventia!

 

Viver?

Carece sabedoria!

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Poesia

Sânia Campos - Economista com Mestrado em Educação pela UFMG. Professora da PUC-Minas, já exerceu vários cargos na Administração Pública. Residente em Belo Horizonte - MG.
Deixe um comentário