Tamanho da Letra: [A-] [A+]

“Jade uma Boneca Muito Especial” Mirian Cris – Pré-Venda do Livro

Published by Nádia Campos in Events, Goings-on Literature
data: 12/03/2022

Mirian Cris e a boneca Jade

Neste sábado, 12 de março, às 20 horas

https://www.youtube.com/channel/UCTeVPLdOj2qGvECNldgG9Gw/videos

Convidados:

Carlos Brandão, Cássia Maria, Consuelo de Paula, Letícia Leal, Lígia Kamada, Luiz Salgado, Nádia Campos, Paulo Freire, Socorro Lira, Tiana Tessarote, Valdir Verona, Zenilda Lua.

Jade, uma boneca muito especial – uma história de amor e educação inclusiva. Baseado em uma história real, vivida com sua sobrinha, Maria Clara.
As ilustrações serão de Gabriela Andrade, artista parceira de Mirian, que dá forma aos personagens com talento e maestria.

Sobre a autora:

Mirian Cristina de Souza Cunha, mais conhecida como Mirian Cris ou Mirian Violera, é escritora, especialista em cultura popular, poeta, luthier, violeira e tamborzeira. Mora em São José dos Campos, SP, onde trabalha na Fundação Cultural Cassiano Ricardo como coordenadora do Cine Teatro Benedito Alves e do projeto “Jardim de Todos” núcleo de Arte e Educação Solidária.

Atualmente cursa Humanidades, pela PUC RS. Publicou cinco livros, sendo três de contos e poemas e dois infantis. O livro será publicado pelas Edições Saruê – o selo de literatura infanto-juvenil da Pangéia Editorial.

O livro Jade – uma boneca muito especial, estará na primeira fase da pré-venda de até 25/04/2022 no seguinte link:

https://editorapangeia.com.br/product/pre-venda-jade-uma-boneca-muito-especial/

Ao aderir à pré-venda e cooperar com o projeto editorial, você adianta os recursos para financiar as etapas de produção do livro.

A história é sobre uma boneca muito especial chamada Jade e uma costureira

Na época das Paralimpíadas a escritora estava muito ligada nos jogos, acompanhando em casa e foi justamente nesse momento que ela viu uma boneca com defeito abandonada em um balaio. Faltava metade da perna dela. A mãe da escritora é costureira e foi fonte de inspiração para a história. Mirian Cris que também é artesã e cheia de habilidades manuais foi para sua oficina e fez uma prótese de madeira para completar a perna desta boneca de pano.
Isso causou um estranhamento. Ela perguntou para sua sobrinha como chamar a boneca e a sobrinha disse: “perna de pau”. A conversa gerou uma reflexão sobre como devemos tratar e considerar pessoas que têm deficiências, chamando-as pela sua identidade, pelo seu nome e não pela sua deficiência. Então surgiu o livro. Segundo a autora, a boneca não é especial pela sua deficiência, mas por ela ensinar aos demais sobre como conviver e tratar com respeito às pessoas com deficiência.

O projeto é dedicado aos seus sobrinhos Maria Clara e Matheus.

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Events Goings-on Literature

Nádia Campos - Cantora, compositora, arte-educadora e divulgadora cultural.
3 Comentários
  1. Rita de Cassia Costa

    Parabéns Mirian Cris. Conheço bem a estória do Tuco e estou doida pra conhecer a da Jade. Parabéns também pra Gabi, Nima (por sinal está linda!!!), Cláudia e todos os participantes dessa live tão alegre.

  2. Maria de Lourdes Ferreira Machado

    Parabéns pela valorização da diferença, privilegiando ações inclusivas.

Deixe um comentário