Tamanho da Letra: [A-] [A+]

Choro Cantado é o novo CD de Lígia Jacques

Publicado por Editor em Eventos, Música
data: 08/03/2010

Choro Cantado é o novo CD de Lígia Jacques

Natural de Belo Horizonte, tem um timbre de voz singular, e se dedica a interpretar compositores mineiros como Rogério Leonel, Juarez Moreira, Ricardo Faria e Toninho Camargos e outros,  consagrados, como Tom Jobim, Chico Buarque, Dori Caymmi, Pixinguinha, dentre outros.

Participou de mais de 20 discos de outros artistas, entre eles Marcus Viana, Ladston do Nascimento, Rubinho do Vale, Titi Walter e Célio Balona. Além de realizar incontáveis shows como solista, participou de concertos e shows de músicos de renome como Clara Sverner e Guinga.

O novo CD de Lígia é dedicado a Ademilde Fonseca. Com arranjos e direção musical de Rogério Leonel, Choro Cantado reúne cinco clássicos do repertório da rainha do choro e cinco faixas inéditas, ricas em citações musicais que reverenciam mestres como Ernesto Nazareth, Chiquinha Gonzaga, Pixinguinha e o contemporâneo Guinga. A sessão de autógrafos será na quarta-feira, 10 de março, a partir das 19h30, no restaurante Cozinha de Minas (Rua Gonçalves Dias, 45, bairro Funcionários).

A proposta de Choro Cantado é registrar choros melodicamente ricos, mas que também se destacam pela qualidade das letras. Foram selecionadas 10 composições que dialogam entre si, todas com o objetivo de unir música e letra com precisão, valorizando a poesia e a interpretação vocal de Lígia Jacques. Em algumas faixas ela faz quatro vozes, formando um quarteto desdobrado em oito canais de gravação. Uma curiosidade é que Choro Barroco, faixa instrumental que deu título ao primeiro CD da cantora, ganhou letra do produtor do novo disco, o escritor, jornalista e pesquisador Jorge Fernando dos Santos.

Gravado em 2009, no estúdio Fábrica de Música, com recursos do Fundo Municipal de Cultura de Belo Horizonte, o Choro Cantado traz Rogério Leonel também nos violões. A direção artística coube a Jairo de Lara, flautista e saxofonista em várias faixas. Tocam no disco Milton Ramos (contrabaixo acústico) e Serginho Silva (percussões). A produção executiva é de Tião Rodrigues, a arte de Adriano Alves e as gravações e mixagem foram feitas por Jairo de Lara e Eloísio Oliveira. O disco tem ainda as participações especiais de Ausier Vinícius (cavaquinho), Celso Adolfo (voz) e Hudson Brasil (bandolim).

Choro Cantado é o novo CD de Lígia Jacques

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Eventos Música

Editor - O editor coleta noticias interessantes e publica para informação dos leitores.
3 Comentários
  1. Nádia

    ´LÍGIA TEM UM CANTO NOBRE ASSIM COMO A PESSOA! VALE A PENA ESCUTAR ESTE ANJO!!!

  2. Lígia Jacques é uma cantora excepcional – só hoje eu soube do lançamento de seu disco – que pena não ter comparecido ontem ao Cozinha de Minas! Vou adquirir o disco, tenho e ouço sempre o seu canto barroco – encantam-me a sua voz e o violão impecável de Rogério Leonel!

    Líria Porto

  3. Milton Tavares - BH

    Ligia, eu ouço várias vezes o CD e não canso de repetir. Divino o cavaquinho do Ausier em Pedacinhos do Céu. Tudo maravilhoso. Sua voz lembra um pouco a Nara Leão, mas só pode ser definida com um adjetivo: singular. Obrigado por estar aqui tão perto de nós.

Deixe um comentário