Crônicas

O Velho da Taipa, desbravador de Pitangui

Publicado por Padre Joao Delco Mesquita Penna
Data da publicação: 13/05/2022

Antônio Rodrigues Velho, o Velho do Taipa, nascido em 1686 em Curitiba, Paraná, era neto de João Ramalho e Bartira, esta filha do cacique Tibiriçá, de Piratininga. Foi avô do Capitão Inácio de Oliveira Campos, esposo da fazendeira pitanguiense Dona Joaquina do Pompéu, a Dama do Sertão. O minerador, um dos fundadores e colonizadores de Pitangui, se casou com Margarida de Campos, filha do bandeirante José de Campos Bi...

XVIII – O Potencial Revolucionário da Loucura

Publicado por Bill Braga
Data da publicação: 12/05/2022

Apagar e acordar. Acender e desligar. Lembrar e esquecer. Lembrar é esquecer. Nessa dialética entrei desde aquela primeira internação, na clínica Santa Maria. Drogado pelos anti-psicóticos e tranqüilizantes mais pesados, era nessa corda bamba que passaria a viver. E assim se teciam minha lembranças e esquecimentos, meus sentimentos e minhas paixões, meus conflitos e meus tesões. Ainda hoje, na Pinel, uma confusão me...

Costumes antigos

Publicado por Sebastião Verly
Data da publicação: 05/05/2022

Despertar cedo, às 6 horas em média, uma oração e um nome do pai. Arrumava-se a própria cama, com o cobre-leito ou colcha e colocava a roupa de dormir sob o travesseiro. Aos domingos, levantava-se um pouco mais tarde a tempo de ir à missa das 10. Quem trabalhava fora, aprontava-se logo para chegar no horário. As mulheres usavam perfumes suaves, o batom e às vezes, um rouge para dar um colorido no rosto. Chegou um tempo...

Pitangui, a Revolta da Cachaça – parte II

Publicado por Padre Joao Delco Mesquita Penna
Data da publicação: 26/04/2022

(continuação da parte I) Em julho de 1719, Domingos Rodrigues do Prado, Manuel Dias da Silva e Suplício Pedroso lideram um motim contra a tentativa, por parte do capitão-mor João Lobo de Macedo, representante de Portugal em Pitangui, de estabelecer o estanco da aguardente na Sétima Vila. O estanco era um monopólio estatal, que determinava que apenas a coroa poderia usufruir da venda da aguardente. A justificativa para o...

Mudança de classe

Publicado por Antonio Carlos Santini
Data da publicação: 21/04/2022

- O cidadão sabe por que foi intimado a esta corregedoria? - Não faço a menor ideia… - Bem, conforme as normas estatais, o senhor vai mudar de classe. - Como assim? - Vou explicar. Nós já vínhamos observando que o senhor anda gastando mais de 2 litros de água por dia, indo além da cota cidadã. - É verdade. Com o calor, está difícil seguir as normas. - E também está gastando mais de 10 kw/h mensais. - Tem ra...

Pitangui, a Revolta da Cachaça – parte I

Publicado por Padre Joao Delco Mesquita Penna
Data da publicação: 12/04/2022

No início do século XVIII, por volta de 1720, a cidade de Pitangui localizada no Centro-Oeste do Estado de  Minas Gerais, conhecida na época como Sétima Vila do Ouro, foi palco de uma grande batalha que entrou para os livros históricos como um dos conflitos mais relevantes na história dos movimentos nativistas no Brasil Colonial. A cachaça, bebida genuinamente brasileira, foi o estopim do confronto entre tropas da coro...

Noiva do Cordeiro – parte IV

Publicado por Padre Joao Delco Mesquita Penna
Data da publicação: 24/03/2022

Comunidade Modelo No centro da história da comunidade da Noiva do Cordeiro estão as experiências de sofrimento e rupturas relacionadas à religião, à fome e à estrutura familiar patriarcal. A  comunidade passou por grandes mudanças e hoje o antigo casarão colonial é utilizado para o trabalho e vivência comunitária. Grande parte das mulheres se ocupam da lavoura, outras assumem o cuidado das crianças. Além disso a...

Noiva do Cordeiro – parte III

Publicado por Padre Joao Delco Mesquita Penna
Data da publicação: 16/03/2022

O que um forró não pode fazer? (continuação da parte II) Pra não fugir da regra, foi outro casamento, outra Noiva, que fez a história mudar de novo. Às vésperas de seu casamento, Noeli, filha do pastor, ousou pedir música para embalar a cerimônia, artigo de luxo, proibido no povoado onde imperava a austeridade moral e a vida ascética. Talvez movidos pelo entusiasmo e azáfamas dos preparativos, resolveram aceitar. F...