O que vejo

Poesía

O que vejo
Data da publicação: 13/11/2018

Por mais que em sua plenitude Se instale a Primavera À minha volta Pontificam os arautos do monetarismo Por mais que a Lua flutue no ar Com indescritível beleza e sedução Vejo que à minha volta Mais atrai olhares a televisão Por mais que no jardim O tenro broto da Democracia viceje Vejo à minha volta os que se uniformizam E armas exibem à cintura Por mais que a alvorada Transpasse as janelas, i...

Promessa

Poesía

Promessa
Data da publicação: 08/11/2018

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Português.

Brasil Sem Fronteiras – parte II

Crónicas Culturales

Brasil Sem Fronteiras – parte II
Data da publicação: 07/11/2018

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Português.

Retrato da praça ao meio dia

Poesía

Retrato da praça ao meio dia
Data da publicação: 01/11/2018

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Português.

Doação

Poesía

Doação
Data da publicação: 29/10/2018

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Português.

Cristãos, entre Deus e César

Religión

Cristãos, entre Deus e César
Data da publicação: 27/10/2018

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Português.

Aceitar a morte

Crónicas Culturales, Religión

Aceitar a morte
Data da publicação: 24/10/2018