Tamanho da Letra: [A-] [A+]

Sêneca – Frases V

Publicado por Editor em Frases, Citações e Versos, Sêneca
data: 05/06/2013

 

Amor, amizade, ódio, generosidade

O amor às vezes é proveitoso, a amizade é sempre proveitosa.

Fiz muitas inimizades, e o ódio substitui a amizade, se é que há amizade entre os maus, e nem sou amigo de mim mesmo. Fiz os maiores esforços para sair da multidão e fazer-me notar por alguma qualidade: o que tenho feito senão oferecer-me como um alvo e mostrar à maldade onde poderia me machucar?

Se quiser ser amado, ame.

Não podemos evitar as paixões, mas podemos vencê-las.

Uma ira desmedida acaba em loucura; por isso, evita a ira, para conservares não apenas o domínio de ti mesmo, mas também a tua própria saúde.

A maldade bebe a maior parte do veneno que produz.

Nunca a fortuna põe um homem em tal altura que não precise de um amigo.

O amor não pode coexistir com o temor.

Quem dá de boa vontade dá duas vezes.

Quando o sangue respira o ódio, não pode dissimular-se.

Trabalha como se vivesses para sempre. Ama como se fosses morrer hoje.

O amor não se define; sente-se.

A mulher ou ama, ou odeia; com ela não há uma terceira hipótese.

Não te interesses sobre a quantidade, mas sim sobre a qualidade dos vossos amigos.

Perguntas-me qual foi o meu progresso? Comecei a ser amigo de mim mesmo.

Nenhum bem sem um companheiro nos dá alegria.

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Frases, Citações e Versos Sêneca

Editor - O editor coleta noticias interessantes e publica para informação dos leitores.
Deixe um comentário