Tamanho da Letra: [A-] [A+]

III – Futebol no Brasil – popularização e primeiros torneios

Publicado por Mateus Resende, Abner Faustino e Rafael Orsini em Futebol
data: 13/07/2017

futebol no brasil popularização

Em 1902 foi feita a primeira liga no país, que reuniu cinco clubes paulistas: Germânia, Internacional, Mackenzie, Paulistano e o São Paulo Athletic Club, clube de Charles Miller. A final foi disputada entre o São Paulo e o Paulistano, e o título ficou com o São Paulo, assim Miller teve a oportunidade de levantar a primeira taça do futebol brasileiro.

Charles Miller se aposentou em 1910, após um amistoso contra um time inglês que excursionava no Brasil, chamado Corinthian FC, também chamado de Corinthian’s team, equipe em que Miller atuou na Inglaterra antes de trazer o futebol para o Brasil. Apesar da saída do ‘pai do futebol brasileiro’ dos gramados, o esporte começou a se organizar e se profissionalizar.

Em 1914 e 1915 surgem as primeiras federações nacionais: a Federação Brasileira de Sport e a Federação Brasileira de Foot-ball. Um ano depois, as duas federações se unem e criam a Confederação Brasileira de Desportos (CBD), que em 1923 se filia à Fifa. A primeira partida da seleção brasileira aconteceu em 21 de julho de 1914. O Exeter City estava em excursão ao Brasil e enfrentou um combinado de jogadores de clubes paulistas e cariocas. O jogo foi realizado no campo das Laranjeiras, no Rio de Janeiro, e o Brasil venceu por 2-0, gols de Osman e Oswaldo Gomes. Em setembro do mesmo ano, a seleção viaja à Argentina para disputar a primeira Copa Rocca. Os brasileiros venceram os donos da casa por 1-0, gol de Rubens Sales.
Na década de 1920, o futebol foi cativando torcedores e conquistando mais adeptos e praticantes do novo esporte. O professor Pedro Brum Santos explica que o Brasil passava por grandes mudanças e o futebol fez parte dessa transformação da rotina dos brasileiros:

O inicio do século XX trouxe uma onda de modernização que atingiu o coração das maiores cidades brasileiras. Em São Paulo, abandonavam-se as ruas batidas e estreitas e no Rio de Janeiro dezenas de automóveis a motor invadiam as ruas, aos quais se somavam os ônibus. A difusão do esporte puxava os novos hábitos das cidades remodeladas. De uma hora para outra, entusiasmadas com as fundações dos clubes de futebol e de regatas, multidões deixavam suas casas aos domingos para acompanhar as disputas programadas, ao mesmo tempo em que o mar tornava-se um hábito inclusive entre as moças, forçando a entronização do traje de banho feminino. (BRUM, 2002)

O futebol se tornou popular em todo o Brasil. Não importava a idade ou o tamanho, a aceitação ao esporte trazido pelo padre José Mantero e Charles Miller ao Brasil foi enorme. O futebol brasileiro já era um sucesso. A facilidade das regras atraiu e criou um público apaixonado pelo esporte bretão.

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Futebol

Mateus Resende, Abner Faustino e Rafael Orsini - Mateus Resende Alves (in memoriam), Abner Cristian Moreira Faustino e Rafael Pinho Orsini são formados em Jornalismo pela PUC Minas. Os três trabalharam sobre a temática das torcidas organizadas Galoucura e Máfia Azul analisando o Estado de Minas.
Comentário
  1. Breno

    Belíssima a história do futebol contado do ponto de vista racional, já que só o conhecemos pelo lado passional. Parabéns aos autores. Aguardo ansioso o próximo capítulo.

Deixe um comentário