Tamanho da Letra: [A-] [A+]

As três irmãs

Published by Wesley Pioest in Poetry
data: 24/08/2021

As três irmãs

A Casa Seleta era a loja do meu avô,

E ainda resiste, fincada no meio da praça.

Seleta tem as mesmas letras de Estela.

Estela quer dizer estrela.

A Casa Seleta era um lugar mágico,

Cheio de mil coisas,

Maravilhosas vitrines

Que ainda habitam os olhos de Laís,

A irmã mais nova,

Seis décadas depois daqueles dias.

Seleta é um outro modo de falar

O nome da minha mãe, e,

Coincidência ou não, a praça foi rebatizada

Com o nome do meu avô.

⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Lá na Capital, uma noite dessas,

Helena sonhou com Tânia,

Que ela fazia biscoitos

Em forma de flor

Na cozinha da casa da pequena cidade.

No sonho, a irmã mais velha aninhava

Um bebê em seu colo.

A irmã do meio, ao acordar, imaginou:

Será que ela vai ser avó?

⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

As minhas irmãs são três estrelas,

São filhas de Dona Estela,

Presentes que Deus me deu.

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Poetry

Wesley Pioest - Nasceu em Rubim, estudou em Belo Horizonte, passou por Itacarambi, Muriaé e passa atualmente por Gonzaga. Sempre em Minas. Seu vale é o Jequitinhonha, de onde veio e para onde há de voltar dentro em breve, por bem ou por mal. Publicou a Revista “Liberdade”, os livros “Impressões da Aurora”, “Jequitinhonha – Antologia Poética I e II”, “A Fala Irregular” e “Cabrália”. Parceiro inconstante de Rubinho do Vale, Vagner Santos e Romeu Santos em letras para canções.
Comentário
  1. Antonio Angelo

    Pois é, Poeta.
    Tens aí as 3 irmãs, merecedoras por certo de toda ênfase poética.
    Mas – data venia – faltou, desculpe=me, citar, passar tangencialmente, incluir, o hermano Cláudio.
    De ingegligenciável significância.

Deixe um comentário