Tamanho da Letra: [A-] [A+]

Culpado ou inocente?

Published by José Alves in Zé's Warehouse
data: 26/10/2022

Armazem.

Aproximam-se as eleições do 2º turno dia 30 de outubro no Brasil, 156 milhões de eleitores aptos para confirmar sua escolha na urna eletrônica entre dois candidatos à presidência, o atual presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Lula e em doze estados vai ter disputa para governador. Não posso abrir mão do meu negócio e respeito a opinião dos fregueses, depois da eleição os ânimos se acalmam, mas enquanto não, passo a metade do tempo prestando atenção e a outra metade, como bom mineiro, “pondo sentido”.

Chega Nem de Cota, pede um pinga, estala a língua e a orelha do Lula começa a queimar:

- Jamais voto em corrupto, Luladrão!

Dico de Preta pede outra, dá um trago, raspa a goela e rebate:

- Quem num gosta do home é os ricaços, querem ver o pobre de joelho, mas ele tá voltando.

- A Lavajato recuperou só da Petrobrás mais de 4 bilhões, vai dizer que o seu presidente não sabia de nada.

- Pra começar o patrimônio de Lula apresentado no TSE é de R$ 7,4 milhões, compatível com sua história econômica. Vou ler aqui, faço questão, R$ 5,57 milhões é um plano de previdência privada, três terrenos, valores de R$ 265 mil, R$ 130 mil e R$ 2.733,45, três apartamentos, um de R$ 94.571,25 e dois de R$ 19.167,34, dois veículos, de R$ 48 mil e R$ 85 mil, aplicações de renda fixa e na poupança, e outros menores. Tem dinheiro da Petrobrás aqui?

- Então quem se beneficiou com os desvios do petrolão?

- Segundo as investigações da própria Lavajato e do STF os beneficiados foram deputados e senadores que apoiavam o governo, que dizer o costumeiro Centrão, a grande maioria dos investigados não se reelegeu ou foi rebaixado de posto.

- E isso não é corrupção?

- É uma corrupção do Sistema político brasileiro, quem está na presidência precisa dos votos no legislativo que tem que ser comprados. Hoje existe o Orçamento Secreto, as verbas do orçamento são distribuídas pelos deputados para suas bases, eles compram os votos através dos prefeitos, só mudou a forma de comprar os votos do Centrão.

- Mas o Lula não podia ter mudado isso? Ele não tinha dito que lá no Congresso tinha 300 picaretas?

- O principal objetivo do Lula eram as reformas sociais, quando ele chegou lá percebeu que se fosse fazer a reforma política não ia conseguir fazer reforma social, entre as duas ficou com a última.

- Então você acha que a Lavajato foi uma farsa para condenar o Lula e não deixar ele candidatar em 2018?

- A Lavajato mostrou que a justiça pode impedir a corrupção no futuro e até recuperar o que já foi roubado, mas a justiça não pode agir por motivação política e ideológica, isso foi o que aconteceu, e vendo isso através da Vazajato, o STF anulou as condenações do Lula. Meu amigo, vamos ser claros, o STF inocentou Lula por outros dois motivos, não houve apropriação privada nem Caixa 2 de Campanha, o que houve foi compra de governabilidade.

- E os casos do triplex do Guarujá e do Sítio de Atibaia, não houve benefício direto ao Lula e sua família?

- As elites não aceitam que um ex-metalúrgico e ex retirante nordestino possa ter apartamento na praia ou um sítio para passar o final de semana, mesmo exercendo a função de presidente da república do Brasil. Nos casos que você cita, do triplex e do sítio, que nunca foram do Lula o que houve foi uma suspeita contra empreiteiras que trabalhavam para o governo de oferecerem reformas de cortesia para agradar Lula, mas nenhuma dessas situações estava na área da Vara judicial de Curitiba, o que comprova que houve motivação política desde o início até o final, quando o juiz que condenou virou ministro da Justiça do governo que ele ajudou a eleger.

- Mas você tem que reconhecer que o juiz Sérgio Moro teve grande apoio principalmente na classe média, foi pré-candidato a presidente e depois senador eleito pelo Paraná e o promotor Dalagnol foi eleito deputado federal.

- As pessoas da classe média apoiaram a Lavajato no início porque não viam motivação política, mas mesmo quando caiu a ficha que era um teatro político, desmascarado pela Vazajato e reconhecido pelo STF, essa classe media, que tem saudade do tempo que buscavam empregada doméstica no Jequitinhonha ou no Nordeste em regime semiescravo, que achavam pedreiro para trabalhar em troca de comida e roupa velha, não tinha que compartilhar o trânsito com os carros populares nem viajar de avião junto com o povão, que entende que seus filhos passaram a dividir as universidades com bolsistas e cotistas de escolas públicas, negros e índios, são esses que não aceitam a volta do Lula e querem coagir os mais pobres a votar contra ele, lembra que o ministro Paulo Guedes se indignou com as domésticas na Disney?

- Então você acha que o Lula é inocente? Porque ele não encarou o Centrão? E como ele vai fazer para governar com esse congresso contra ele?

- Meu amigo, aí nós estamos de acordo, temos que convocar uma nova Constituinte para dar uma descarga sanitária na latrina da política brasileira.

Os dois jogam a parte do santo no pé do balcão, Dico paga as duas e vão pra lida.

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Zé's Warehouse

José Alves - Jornalista, residente em Belo Horizonte - MG
2 Comentários
  1. H.Henrique de Souza

    LEMBRANDO:
    Muitos querem a Destruição de nossa Nação e do Povo brasileiro, por ignorância, por revolta ou por conveniência. Depois do estrago não haverá mais retorno. HH

    • Vinicius Brand

      Isso mesmo Henrique. É por isso que vou de Lula, contra essa destruição aí que você está falando. Fique em paz…

Deixe um comentário