Tamanho da Letra: [A-] [A+]

Solidão sitiada

Published by Antonio Ângelo in Poetry
data: 15/05/2020

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Poetry

Antonio Ângelo -
3 Comentários
  1. Abel Câmara

    Realismo magico, esgrima de palavras que lampejam fulminantes na metrœpole furtiva

  2. Meu amigo. Que alegria em meio a solidão que vivemos. Solidão sitiada , vai bem fundo do que me resta. Grande abraço fraterno e aos seus

  3. wesley

    Mas que danação, AA. Se ficar em casa não é o sossego do crente, tampouco sair de casa parecerá prêmio ao cruzado. Que dilema! Mas que belo poema.

Deixe um comentário