Tamanho da Letra: [A-] [A+]

William Shakespeare – Frases – parte VI

Publicado por Editor em Filosofia, William Shakespeare
data: 02/09/2014

Dramaturgo filósofo e poeta inglês

cavaleiro

Sabedoria I 

Todo bobo que se acha o esperto, trata com os espertos que se fazem passar por bobos.

O bobo se faz de sábio e o sábio se faz de bobo.

Eu sei que falhei, cometi o pecado, mais eu não errei, pois estava cego, odiaste a mistério, prostituta da terra, não esconde a verdade, que Deus te tirará dessa..!

Um dia a gente descobre que realmente a vida tem valor e que a gente tem valor diante da vida.

Aqui, fixar quero meu eterno repouso, e desta carne lassa do mundo sacudir o jugo das estrelas funestas.

Olhos, vede mais uma vez.

Braços, permiti-vos o último abraço.

E lábios, vós que sois a porta do hálito,

com um beijo legítimo selai este contrato com a morte exorbitante.

Ser ou não ser: Eis a questão!

Razões fortes originam ações fortes.

Um coração leve vive muito.

Meu olhar é omisso diante do horizonte do mar, enganado pelo sol quando na pista vagar, se plantei vou colher, terra arei e lavrarei pois a planta purificou a mim e meu ar, a fé é minha crença, primeiramente a Deus vou amar, com ele sem chave abrirei, a porta sem cadeado me priva, a lei do homem é fácil, só Deus irá me julgar.

Eu posso não ter feito tudo, mas, fiz tudo que eu podia.

O maior inimigo do homem é a segurança.

Entre várias batalhas que travei, tendo vitórias e derrotas, o cansaço foi quem mais me ensinou, mostrando-o que posso ir muito mais além da ferida, a um milésimo da morte.

Como posso ir mais longe se meu coração aqui permanece?

Faço o que todo homem faz. Não o seria se fizesse mais. (Macbeth )

Todos os caminhos estão errados quando você não sabe aonde quer chegar.

Nada é bom ou mau, o pensamento é que faz as coisas assim.

Vazias as veias, nosso sangue se arrefece, indispostos ficamos desde cedo, incapazes de dar e de perdoar. Mas quando enchemos…

Estas alegrias violentas, têm fins violentos

Falecendo no triunfo, como fogo e pólvora

Que num beijo se consomem.

Cada gota de sangue inocente derramado clama vingança contra o príncipe que afiou a espada.

O que é que nos aguarda, o que é que quer dizer tanto suor transformando a noite em companheira de trabalho do dia? Quem pode me informar?

Se a gente cresce com os golpes duros da vida, também podemos crescer com os toques suaves da alma.

Pisado, o menor verme se revira.

A razão foge de tudo que nos pode causar dano.

Nunca salte de um trampolim quebrado.

Todos erram um dia, por descuido, inocência ou maldade.

Um pensamento: nos olhos se concentra a turba dos sentidos.

Você pode fechar os seus olhos para as coisas que você não quer ver, mas não pode fechar o seu coração para as coisas que não quer sentir.

Herege não é aquele que arde na fogueira e sim aquele que a acende.

Não é que você seja diferente, mas é que ninguém consegue ser igual a você.

São tão doentes aqueles que se saciam demais, como aqueles que passam fome.

Quem por própria vontade se desprende e separa de sua seiva substancial, acaba murchando forçosamente e servindo para uso mortal.

Aprende que, ou você controla seus atos, ou eles o controlarão… e que ser flexível não significa ser fraco, ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem, pelo menos, dois lados.

Nosso destino não está escrito nas estrelas, mas em nós mesmos.

- Sinceramente, não sei porque dou bola para certas coisas sabendo que eu deveria esquecer.

- Simples, é porque você ainda se importa.

Mesmo sendo casto como gelo e puro como a neve, ninguém está livre da calúnia.

Devagar! Quem mais corre, mais tropeça!

Por isso plante seu jardim e decore sua alma,

Algumas quedas servem para que levantemos mais felizes.

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Filosofia William Shakespeare

Editor - O editor coleta noticias interessantes e publica para informação dos leitores.
Deixe um comentário