Tamanho da Letra: [A-] [A+]

Eu e ele

Publicado por Bira Ribeiro em Poesia
data: 28/06/2016

eu e ele

Não queira você
Conviver com um poeta
O sujeito é um ser delirante
É inconsequente quando me deseja amar
Faz-me agarrar em nuvens do quintal
Do meu céu
Faz-me acreditar que sou única entre todas
Prende-me entre grades
Tentáculos dos seus braços
Não queira você saber
Ele abusa dos seus trâmites com as letras
E escreve poemas de amor em mim
Com os olhos de fome
Lê nas entrelinhas do meu corpo,
Poesias que não vejo
Deduzo apenas que ele me quer de novo
Desvenda o segredo do meu silêncio
Declama no meu íntimo os sentimentos que ocultei
Não consigo ser eu
Ele toma posse de mim
Veste-me de ternura
Desnuda-me com magia, mal me dou conta
Consegue isso trocando apenas a
Nomenclatura das letras
E eu presa, indefesa, fundida na pele dele
Não vivo
Apenas flutuo no devaneio da sua lógica
Ah, como padeço!
Não queira você conviver com um.

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Poesia

Bira Ribeiro -
Deixe um comentário