Arquivo do Autor

Rumo ao abismo

Publicado por Carlos Scheid
Data da publicação: 08/05/2019

Não. Não sou pessimista. Nem profeta do caos. Apenas ligo a TV, passeio pelas redes sociais, ouço as novas, tão velhas!, de Brasília e de Paris, e não posso ignorar o óbvio: caminhamos para o abismo. Em sua raiz grega, “abismo” designa algo sem fundo. Tem vários sinônimos: voragem, vórtice, despenhadeiro. Mas prevalece a ideia de uma queda, um mergulho vertical em relação ao fundo, o mundo inferior, infernal. A...

O povo na fila

Publicado por Carlos Scheid
Data da publicação: 04/04/2019

Foto: Barrancas A cena da foto ocorreu em Curitiba, mas se repete em todo o país. Ao anúncio de vagas em novo empreendimento, acorrem milhares de desempregados. A fila se estende como uma lagarta humana, dando voltas pelos quarteirões. Homens e mulheres, jovens e velhos, mães com crianças no colo. É o cartão-postal de uma nação com quase 13 milhões de desempregados. Em 26 de março, noticia “O Globo”, “cerca de...

Cristãos, entre Deus e César

Publicado por Carlos Scheid
Data da publicação: 27/10/2018

Foto: JW.org Não é possível ser cristão sem ser político. Tanto os cristãos quanto os políticos mantêm seus olhos voltados para um Paraíso. No caso do comunismo, seu paraíso devia ser construído aqui na terra, em plena História, por meio de uma sociedade sem desigualdades sociais e econômicas. Na concepção cristã, o Éden situa-se além da História, mesmo que tecido de tempo, semeado já na terra, o Paraíso s...

Aceitar a morte

Publicado por Carlos Scheid
Data da publicação: 24/10/2018

Não somos consultados para aceitar a vida. Ela vem como um dom gratuito, mas até certo ponto um dom imposto. Não admira que os adolescentes protestem: «Eu não pedi para nascer!» Quando se trata, porém, da morte, entra em jogo a nossa aceitação. E nada enobrece tanto a pessoa humana como o exercício dessa aceitação. O exemplo maior é do próprio Jesus Cristo, que abraçou voluntariamente a cruz e a morte como o mai...

Boas vindas aos imigrantes!

Publicado por Carlos Scheid
Data da publicação: 14/09/2018

Será mesmo? Tem fundamento a fama de ser o Brasil uma nação hospitaleira? Entendo que essa auréola deve ser tomada cum grano salis, ou seja, com parcimônia! … Nossa história parece desmentir a fama de acolhedores… Ouvi de amigos italianos – concretamente, a família Tomasi – que sua vida ao Brasil foi decepcionante. Saíram da Itália com documentos assinados no consulado brasileiro que garantiam condiç...

Há vagas!

Publicado por Carlos Scheid
Data da publicação: 11/09/2018

Foto: Intelliplan Passando na entrada de uma fábrica, li a estranha placa: “Temos vagas. Preferência para cristãos”. Na volta, reli o anúncio e resolvi parar e procurar pelo gerente. Fui bem recebido e lhe perguntei o motivo da “preferência”. A empresa estava ligada a alguma organização religiosa? Por que motivo preferiam cristãos como empregados. O gerente sorriu. Disse que não pertenciam a nenhuma religião,...

O guarda-chuva de Nhá Chica

Publicado por Carlos Scheid
Data da publicação: 21/08/2018

O leitor já notou que as imagens dos santos sempre trazem um objeto que sinaliza a vida e a missão do eleito de Deus? Para São Pedro, as chaves; para São Paulo, a espada. Com Teresinha de Lisieux, o crucifixo e as rosas; com José de Nazaré, o lírio. É sempre assim. Agora, temos a nova bem-aventurada, Nhá Chica de Baependi. Preso em seus dedos magros, um guarda-chuva velhinho, bem surrado, batido por sóis e chuvaradas...

Religião, religiões…

Publicado por Carlos Scheid
Data da publicação: 24/07/2018

Maximiliano Fonseca é ateu. Assim ele se declara. Outro dia, comentei com ele: - É uma pena! Um ateu não conhece a adoração… - De modo algum! – respondeu ele. Claro que eu adoro! Sou torcedor do Corinthians e faço parte de uma imensa comunidade de adoradores. Adoramos a camisa do time, beijamos o escudo, e idolatramos os craques. Na falta de incenso, acendemos os sinalizadores no meio da torcida. E se alguém ofe...