Tamanho da Letra: [A-] [A+]

Hegel – frases – Parte I

Publicado por Editor em Filosofia, Hegel
data: 21/08/2019

sdasdfa

Georg Wilhelm Friedrich Hegel, filósofo alemão (1770-1831)

Hegel defendeu a forte ligação entre História e Filosofia, dizia que as concepções filosóficas do passado eram tendenciosas.

Filosofia

O homem não é mais do que a série dos seus atos.

Nunca nada grandioso no mundo foi feito sem uma grande dose de paixão.

Quem quer algo de grande, como diz Goethe, deve saber limitar-se. Quem, pelo contrário, tudo quer, nada, em verdade, quer e nada consegue.

A harmonia da infância é um dom da natureza, a segunda harmonia deve resultar do trabalho e do culto ao espírito.

Nada é. Tudo vem a ser.

O verdadeiro é o todo.

As tragédias verdadeiras no mundo não são conflitos entre o certo e o errado. São conflitos entre dois direitos.

As ideias que revolucionam o mundo avançam a passo miúdo.

A filosofia vem sempre demasiado tarde. Enquanto pensamento do mundo, só aparece quando a realidade realizou e terminou o seu processo de formação.

A verdadeira figura na qual a verdade existe só pode ser o sistema científico dessa verdade.

O verdadeiro é o delírio de Baco no qual nenhum membro deixa de estar embriagado.

Para conhecer bem os fatos e enxergá-los no seu verdadeiro lugar, deve-se estar no cume – não os considerar de baixo pelo buraco da fechadura da moralidade ou de alguma outra sabedoria.

O querer do homem é essencialmente livre, livre enquanto é querer.

Entre o infinito do ideal e o concreto do real há um abismo.

A filosofia nos dá o conhecimento do universo como uma totalidade orgânica,
totalidade que se desenvolve a partir do conceito e que,
nada perdendo do que faz dela um conjunto,
um todo cujas partes estão unidas pela necessidade,
a si mesma regressa e no regresso a si mesma
forma um mundo de verdade.

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Filosofia Hegel

Editor - O editor coleta noticias interessantes e publica para informação dos leitores.
Comentário
  1. Alexandre Martins

    “O que define a liberdade é o ser para si; o que define a servidão ou a dominação é o ser para o outro.” Hegel

Deixe um comentário