Arquivo do Autor

Natal e consumo: do sagrado ao comércio

Publicado por Antonio Carlos Santini
Data da publicação: 19/12/2022

Entre os romanos, que dominavam a Palestina no tempo em que ocorreu o primeiro Natal, cultuava-se o deus Mercúrio, associado a Hermes, divindade grega. Mercúrio era o deus da compra e venda, do lucro e do comércio. Seu nome tem a raiz da palavra latina merx [mercadoria], de onde vieram mercador, comércio e… marketing! Se um patrício romano visitasse nosso Natal, haveria de crer que seu deus estava em plena atividade...

Teremos bisnetos?

Publicado por Antonio Carlos Santini
Data da publicação: 11/12/2022

Semana passada, a convite do Foyer de Charité de Mendes, RJ, participei de um encontro on line. Entre os participantes, estava uma jovem senhora, mãe de quatro filhos e grávida do quinto. Ela falou, com visível alegria, do desafio de educar os filhos para Deus, no seio da Igreja. Óbvio, um casal que assim se abre à vida é um belo exemplo da virtude cristã da esperança. Entre meus amigos e conhecidos, há outros casais...

Martírio: um território ampliado

Publicado por Antonio Carlos Santini
Data da publicação: 26/09/2022

Quando se fala em mártires, nosso pensamento se retrai automaticamente aos tempos da Igreja primitiva, no Império Romano, quando os cristãos eram lançados às feras no Coliseu, decapitados como Paulo de Tarso ou besuntados de alcatrão e “acesos” em postes para iluminar os jardins dos césares. No entanto, o século XX foi, sem termos de comparação, o século que mais registrou a morte de cristãos perseguidos por su...

O catecismo rasgado

Publicado por Antonio Carlos Santini
Data da publicação: 16/09/2022

. A pequena Marthe é uma criança a caminho da igreja paroquial, em Chateauneuf-de-Galaure, onde terá aula de catecismo. Ela vai rezando pelo caminho, distraída, e não sabe nada sobre a situação de seu país, a França. O vale onde Marthe mora com a família de agricultores passou por grande mudança. A III República é o cenário de intenso ativismo anticlerical. Quando os padres passam pela rua, não falta alguém imi...

O terceiro mundo

Publicado por Antonio Carlos Santini
Data da publicação: 25/08/2022

. Quando somos gerados, entramos em contato com o mundo dos fenômenos, o mundo da matéria. Ouvindo os batimentos do coração materno, recebemos desse mundo as primeiras impressões. Trata-se de um mundo acessível aos sentidos: sentimos o gosto do leite, ouvimos o canto das aves, vemos os brinquedos coloridos sobre o berço. Quando crescemos, começamos a medir e pesar, usamos metro e balança. Não satisfeitos, apelamos ao...

Mudança de classe

Publicado por Antonio Carlos Santini
Data da publicação: 21/04/2022

- O cidadão sabe por que foi intimado a esta corregedoria? - Não faço a menor ideia… - Bem, conforme as normas estatais, o senhor vai mudar de classe. - Como assim? - Vou explicar. Nós já vínhamos observando que o senhor anda gastando mais de 2 litros de água por dia, indo além da cota cidadã. - É verdade. Com o calor, está difícil seguir as normas. - E também está gastando mais de 10 kw/h mensais. - Tem ra...

Viver sozinho… morrer sozinho…

Publicado por Antonio Carlos Santini
Data da publicação: 14/03/2022

Um traço marcante da sociedade do Ocidente é a solidão. Vive-se sozinho, morre-se sozinho. Aqui e ali, repetem-se fatos como o noticiado pela Agência France Press, em matéria assinada por Tiziana Fabi, em 8 de fevereiro deste ano: o corpo mumificado de uma idosa italiana foi encontrado em sua cadeira, dois anos após sua morte. Sem parentes próximos, Marinella Beretta foi achada em sua casa, próximo ao lago de Como, na ...

Um reino sem rei?

Publicado por Antonio Carlos Santini
Data da publicação: 10/02/2022

Na Igreja Católica, fundada por Jesus Cristo, o ano litúrgico se encerra com a festa de Cristo Rei ou, mais exatamente, a solenidade de Jesus Cristo Rei do Universo. Nem todo mundo fica feliz com esta celebração: alguns chegam a torcer o nariz para o aparente “monarquismo”. Trata-se de uma festa “moderna”, em termos de História da Igreja, criada pelo Papa Pio XI recentemente em 1925. A intenção de fundo era proc...