Tamanho da Letra: [A-] [A+]

Comentários dos Leitores – 1ª quinzena – Outubro/2012

Publicado por Editor em Espaço do Leitor
data: 15/10/2012

Milena Oliveira Santos Reis em “Limpeza Urbana em Belo Horizonte – parte 6”

Bom dia! Gostaria de fornecer embalagens de leite, rolinhos de papel higiênico e outros recicláveis a algum catador que possa tirar seu sustento com isso. Aqui na minha porta não passam catadores retirando isso e todo o material que separo cuidadosamente acaba indo para o caminhão de lixo, o que considero um desperdício além dos aterros sanitários estarem lotados e esse material não precisar ir para lá.

Teria inúmeros motivos para doar isso pois acredito que com a reciclagem só temos a ganhar.

Bom, gostaria de saber se não poderiam vir retirar aqui no bairro Castelo pois os contêineres que existem próximo à Miguel Perrela estão sempre lotados, abertos e com o lixo espalhado no chão, um nojo e por isso não funcionam como deveriam. Não vou deixar o material lá para ser varrido por garis, sujar o chão e atrair ratos e baratas.

Já deixei até bilhete na lixeira para os catadores tocarem meu interfone para retirar todo o material e nem assim consegui doá-los. Isso me deixou abismada, só está faltando eu pagar para poder doar isso a alguém.

Fico bem triste que aqui em BH não exista caminhão da prefeitura que retire isso pois em SP onde morava, uma vez por semana tinha a coleta seletiva então todos juntavam este tipo de material pois sabiam que teria destino. Gostaria muito que viessem retirar pois só agora tenho em casa uns 40 rolinhos de papel higiênico, mais de 50 caixas de leite, fora outras caixas de congelados, sabão, etc. Aguardo resposta se possível por e-mail ou telefone 2531-7752. Obrigada, Milena

———————————

Sebastião Verly em resposta a Milena

Pimeiramente você precisa rever todos os seus conhecimentos. Leia o decreto Nº 7.404, DE 23 DE DEZEMBRO DE 201 e a Lei que ele regulamenta, nº 12.305, de 2 de agosto de 2010, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos, cria o Comitê Interministerial da Política Nacional de Resíduos Sólidos e o Comitê Orientador para a Implantação dos Sistemas de Logística Reversa, e dá outras providências.

Coleta seletiva é coisa do passado. Aqui em BH vivo o Processo e suas mudanças ao longo do tempo. Precisamos compreender que nenhum catador tira sustento dessas coisas que lhes destinamos. Vivem numa miséria de fazer dó. O poder público, por ignorância e ideologia, não dá apoio aos profissionais desta área. Quem divulga texto muitas vezes conhece apenas PARCIALMENTE do assunto.

Esqueça esse hábito de separar rolinhos de papel higiênico, caixinhas de tetra pack e outros recicláveis(sic)

A idéia de coleta seletiva que foi implantada na gestão do Patrus serviu apenas para abrir a mente das pessoas. Mas, inclusive ele, ainda pensa que deve-se fazer coleta seletiva. Nâo está atualizado. Leia a lei e depois se quiser mande emails para verlybh@gmail.com e podemos aprofundar no assunto RESIDUOS SOLIDOS. NUNCA LIXO. A LEI E O DECRETO JAMAIS USAM ESSAS PALAVRAS DEPRECIATIVAS

———————————

Fátima Abreu, autora de “Limpeza Urbana em Belo Horizonte – parte 6” em resposta a Milena

Prezada Milena,

Segue mensagem enviada pela Aurora da SLU, que repasso a pedido dela:

“A coleta seletiva de BH é uma atividade planejada e tem como principais beneficiárias as associações e cooperativas de trabalhadores de recicláveis. Além dos vários endereços da cidade que contam com os Locais de Entrega Voluntária (LEV), a coleta porta a porta já foi implementada em 30 bairros, atingindo 354.000 moradores e saturando assim, os galpões existentes.

Como atualmente esse serviço está passando por reformulação – em consequência de vários fatores, dentre eles, o mau uso e constantes depredações dos contenedores instalados nos LEV (mesmo após várias campanhas educativas da SLU) e a necessidade de construção e adequação de novos galpões de triagem -, a SLU informa que sua solicitação não poderá ser atendida no momento.

Caso queira entrar em contato com as associações /cooperativas, relacionamos a seguir as localizadas na região da Pampulha:

1) •ASTEMARP (ASSOCIAÇÃO DE TRABALHADORES EM MATERIAIS RECICLÁVEIS DA PAMPULHA)

R. Beira Mar, 418, Sarandi – CEP.: 31360-290/Regional Pampulha; Tel. 3475-5586

Responsável: Maria do Socorro Figueiredo

2) •COOMARP-PAMPULHA (COOPERATIVA DOS TRABALHADORES COM MATERIAIS RECICLÁVEIS DA PAMPULHA LTDA.)

– e-mail: comarpampulha@yahoo.com.br

Unidade I: Av. Presidente Antônio Carlos, 4070, São Francisco –Tel. 3495-2613 – CEP.: 31270-000

Unidade II: Rua Caldas da Rainha, 2083, São Francisco, Tel. 3447-2055

Responsável: Ivaneide da Silva Souza

3) •REDE SOL: 3222-9358

Um abraço,

Fátima

——————————

Fátima Abreu, autora em resposta a Milena

Prezada Milena,

Agradeço por seu comentário e por sua preocupação em cuidar bem do seu lixo, separando os recicláveis da parcela que é realmente lixo, que não tem como ser reaproveitado e, portanto, precisa ter tratamento adequado. Acho muito correto fazer a separação dos materiais recicláveis para reaproveitamento e reciclagem e isso é o que preconiza a Política Nacional de Resíduos.

Realmente, ampliar a Coleta Seletiva em parceria com os catadores em um município do porte de Belo Horizonte é um grande desafio, mas, na minha opinião, é um processo necessário no qual a participação responsável dos cidadãos é essencial.

Falei com Aurora, responsável por essa área na SLU, para buscar informações para te apoiar na melhor forma de proceder para que seus materiais recicláveis sejam encaminhados para alguma associação de catadores. Achei melhor que ela repasse essas informações diretamente, certamente de forma mais precisa do que eu faria, para possibilitar que a sua ação de separação dos recicláveis seja bem aproveitada. Ela vai fazer isso em outro comentário aqui mesmo no Portal, OK?

Obrigada mais uma vez e parabéns pela sua atitude.

Um abraço,

Fátima

————————————————–

Jacqueline

Em resposta a Milena Oliveira Santos Reis.

eu estou interessada no reciclável q vc tem em casa

———————————-

karolayne em “Carlos Castaneda – frases de Don Juan Matus – Porta para o Infinito – Relatos de Poder – parte II”

muito interesante isso, quero parabenizar vcs, muito obrigada

————————————

Milton – SP, em “Governo Federal implantará inspeção veicular”

Ultimamente tem sido assim, fazem leis só para beneficiar quem tem dinheiro porque o governo não indeniza quem comprou seu carrinho com muito sacrifício e agora é obrigado a estar com o motor zero km, outra é o rodizio que é outra vergonha pois não vou trabalhar de carro e uma única vez que necessitei não pude devido placa no dia de impedimento enquanto quem tem dinheiro vai com o da esposa, da filha(o), etc. Ano passado após fazer revisão na minha moto e estar tudo Ok, na Controlar alegaram que estava com uma leve emissão de fumaça que o funcionário ainda pega um tapete preto para poder ver e em dia frio onde até saia fumaça da minha boca; depois de ficar indignado ter que voltar na oficina e o mecânico afirmar que estava tudo correto remarquei a inspeção e nada constatado passando com índices bem baixo foi quando resolvi reclamar no SAC e vc’s já sabem a resposta, nossos aparelhos são todos testados pelo Immetro e não adiantou eu retrucar dizendo que o problema são os funcionários e não o equipamento, o ser humano quando dá para ser maldoso e tem faca e o queijo na mão e é apoiado por chefia também sem o mínimo comprometimento com a verdade ficamos nós sem ter a quem reclamar no país da impunidade.

—————————-

Juraci em “Redação em Português – Lição 9 – A boa comunicação”

Boa tarde Danilo, importantissima a aula!

Quero saber como criar hábito para ler.

Quando era criança ate os meus 14 anos qualquer leitura que fazia, contava o resumo perfeito. Depois que comecei a trabalhar para ajudar a familia perdi o gosto, hoje leio somente sob esporte relacionado a corrida, pois amo correr.

Mas preciso entrar para uma faculdade. Estou desempregada e quero aproveitar este tempo para fazer os vestibulares agora do final de ano.

Por favor me ajude a voltar pelo menos 1/3 do que era antes, ler e entender para fazer as provas.Meu blog:

http://www.sonhosdeouro.blogspot.com

Att.

Juraci

—————————————

Danilo Vilela Prado, autor em resposta a Juraci

Prezada Juraci,

Parabéns por praticar corridas. Corro há 36 anos e sou viciado na endorfina, o hormônio do bem-estar, liberado quando fazemos atividades físicas. Você não terá dificuldades de retomar o hábito da leitura, pois quem se exercita tem mais facilidade para desenvolver atividades intelectuais. É isso o que dizem o Dr. John J. Ratey e Eric Hargerman, no livro “Corpo ativo mente desperta” – A nova ciência do exercício físico e do cérebro. Editora Objetiva.

Aqui vai uma dica para você voltar a ler com prazer: procure observar outras áreas do conhecimento que despertam a sua atenção e curiosidade. Por exemplo: nutrição, saúde de modo geral e estética. Além disso, existem livros de aventura, romance, ficção e até autoajuda. Peça indicações de leituras para amigos, parentes e outras pessoas próximas e leia as indicações. Se não gostar, continue procurando que achará algo de que goste.

Em sua homenagem, meu próximo texto no portal http://www.metro.org.br será sobre recomendações para adquirir o hábito de ler.

Atenciosamente,

Danilo Vilela Prado

—————————————

Diva Cunha em “Frestas de Solidariedade – parte 1” de Denise Paiva

Denise, muito boa essa primeira parte, pois resume em poucas laudas – e com delicadeza – o espírito que animava o grupo de solidariedade aos que sobreviveram às torturas e assassinatos perpretados pelos agentes da ditadura. Então presos pelo regime, passavam por necessidades típicas de detentos e portavam sequelas físicas do tempo de porão que precisavam ser tratadas. Daí a importância da rede, composta por pessoas das mais diferentes atividades, que atuavam no campo da oposição legal à opressão, ou seja, no espectro político não clandestino. Parabéns, e que nossa democracia se consolide cada vez mais.

—————————————

Daniela em “Embalagens e Recipientes – parte 1 – Bambu, Palha e Capim”

Olá, gostaria de saber quem vende e como faço pra comprar esteira de palha por metro pra forrar o telhado de minha casa…

———————————-

Sebastião Verly, Autor

Em resposta a Daniela.

Onde você pode encontrar a esteira de palha:

Rodovia Engenheiro Constâncio Cintra,

Km 76,5 – Loteamento Chavine

Quadra B – Lote16 – Bairro Pinhal Itatiba/SP

——————————–

Sebastião Verly em “Poesia”

Não sou de comentar poetas que apenas usam o esforço para fazer o queeles chamam de “poesia”. Mas, mesmo que saiba que é melhor fazer poesia do que eleger-se a cargos politicos, e muito melhor ainda do que ser empreendedor. Ainda as vezes, me orgulho mais de ver a coragem e ousadia dos assassinos e traficantes que a demonstram na prática.

Poesia vazia sem principios filosóficos atendem exclusivamente a vaidade do poeta.

E tomam o tempo de quem tem mais o que fazer. Antes de escrever leia: há mais de 300 obras magnificas de poesias.

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Espaço do Leitor

Editor - O editor coleta noticias interessantes e publica para informação dos leitores.
Deixe um comentário