Arquivo do Autor

A Escola Partida

Publicado por Sebastião Verly
Data da publicação: 30/10/2017

Depois de no meu último artigo neste site ter homenageado a Dona Elza, professora de Artes e Educação Física em Pompéu no final da década de 1940, que nos deixou recentemente, mostrando que sua missão era tornar a escola mais alegre para todos os alunos, independentemente da condição social, escrevo esse relato de minha percepção de como as desigualdades sociais “partiam” e seguramente ainda continuam “partind...

À Mestra, com carinho!

Publicado por Sebastião Verly
Data da publicação: 23/10/2017

foto: Lara Montenegro Como sempre volto à minha Pompéu para fazer aqui uma homenagem a Dona Elza Afonso Tavares filha de família tradicional na cidade, que se despediu de nós no último dia 15/10/2017, por coincidência o dia dos professores. Não pude ir render-lhe minha última homenagem presencialmente, mas soube que seu velório foi animado com uma cantoria puxada pelas netas que contagiou a todos. Não podia ter sido ...

Lampião, cangaceiro fashion

Publicado por Sebastião Verly
Data da publicação: 09/08/2017

O Brasil dá mais um passo à frente da Europa que a cada dia mais se curva diante da nação Tupiniquim. Salve o conde Afonso Celso (1860-1938), que, com o fim da monarquia brasileira, ao ir para a Europa acompanhando o pai, Visconde de Ouro Preto, no exílio, escreveu, entre muitos outros, o livro “Porque me ufano de meu país”. Na abertura da feira de negócios Fashion Business em maio de 2012, Mara Mac ganhou exposiç...

Do leite, do leiteiro, do seu filho e da cascata do ribeirão

Publicado por Sebastião Verly
Data da publicação: 25/07/2017

Esse causo é velho mas é bom, merece ser repetido sempre, pois os mais jovens podem não conhecê-lo. Em várias cidades do interior de Minas causos idênticos são contados pelos mais velhos, com personagens locais, o leite, o leiteiro, seu filho e algum córrego ou ribeirão de águas abundantes, cristalinas, caudalosas e piscosas, repletas de piabas e lambaris. Nas capitais, naqueles anos de 1950, o leite já era pasteuri...

Influenciando com o gato

Publicado por Sebastião Verly
Data da publicação: 11/04/2017

Já relatei, em diversas formas, minhas conversas com o gato, que já está na sétima vida, e permanece sereno e calmo, na esquina da minha rua. Ele está animado como sempre, me cumprimenta e permanece, por ali durante uma hora da minha caminhada. Hoje, quando ele me cumprimentou e perguntou “tudo bom?”, eu respondi com um habitual “tudo bom, graças a Deus!”. O gato deu um miado baixinho e sorriu com criticidade. ...

8 de março, dia internacional da mulher

Publicado por Sebastião Verly
Data da publicação: 08/03/2017

Luta pelo voto feminino, Nova Iorque, 1912 Ainda há muitas condições, normas, direitos, conceitos e regras a serem melhoradas na vida real das mulheres e na relação homem mulher. Precisamos ir além de “discursos e botões de rosas”. O Dia Internacional da Mulher foi conquistado através de uma série de movimentos, lutas e reivindicações femininas por melhores condições de vida, de trabalho e direitos sociais e p...

Costumes antigos

Publicado por Sebastião Verly
Data da publicação: 06/03/2017

Despertar cedo, às 6 horas em média, uma oração e um nome do pai. Arrumava-se a própria cama, com o cobre-leito ou colcha e colocava a roupa de dormir sob o travesseiro. Aos domingos, levantava-se um pouco mais tarde a tempo de ir à missa das 10. Quem trabalhava fora, aprontava-se logo para chegar no horário. As mulheres usavam perfumes suaves, o batom e às vezes, um rouge para dar um colorido no rosto. Chegou um tempo...

História do Carnaval – parte I

Publicado por Sebastião Verly
Data da publicação: 23/02/2017

O Carnaval tem características trazidas de egípcios, gregos, babilônicos, hebreus e romanos. A história do Carnaval remonta às celebrações pagãs dos tempos pré-cristãos, tendo a Igreja Católica sancionado os festivais onde as pessoas se mascaravam e dançavam nas ruas. Era uma festa satírica de classes e costumes. Cada um – pobre, escravo ou nobre – dançava nas ruas da cidade no Carnaval, e num raro momento de...