Crónicas Culturales

A história de um homem mau

Publicado por Sebastião Verly
Data da publicação: 15/11/2022

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Português. Compartilhar este Artigo

Chapadão do Burro Morto – parte II

Publicado por ELIS CALDEIRA
Data da publicação: 26/10/2022

. (continuação da parte I) Mas, voltemos ao Burro Morto, assim mesmo, todo maiúsculo. Aquele caminho da chapada era o atalho, o caminho mais curto e certo a ir pelas bandas das Macaúbas e outros lugarejos nas vizinhanças, pois passar pela suposta rodagem era aumentar em muito o tempo de viagem, e haja ânimo e lombo de animal. Não sei se vocês sabem, mas, não é por acaso que os burros são os escolhidos pra viagens de...

Chapadão do Burro Morto – parte I

Publicado por ELIS CALDEIRA
Data da publicação: 22/10/2022

. O Chapadão do Bugre foi imortalizado na obra literária do imortal Mário Palmério, virou minissérie na TV. Era uma terra de coronéis e disputas ferrenhas pelo poder. Mas hoje nós vamos tratar de outro Chapadão, bem mais tímido e discreto, chamado Burro Morto. Segundo o geólogo e mineralogista alemão Barão de Eschwege (1777-1885), contratado pela coroa portuguesa para estudar o potencial minerário do Brasil, a Ser...

Bar do Portuga – III

Publicado por Sebastião Verly
Data da publicação: 17/10/2022

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Português. Compartilhar este Artigo

No Bar do Portuga II

Publicado por Sebastião Verly
Data da publicação: 10/10/2022

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Português. Compartilhar este Artigo

Dia dos Avós e Dia fora do tempo – parte I

Publicado por Sebastião Verly
Data da publicação: 25/07/2022

Compartilhar este Artigo

Fiestas Juninas

Publicado por Sebastião Verly
Data da publicação: 06/06/2022

La fiesta junina es uno de esos dulces recuerdos de mi infancia. En la ciudad de Pompéu, donde viví hasta la adolescencia, aún no existía la danza de cuadrilla, y sólo más tarde se agregaron las ropas de los falsos “caipiras”, las indianas para las muchachas y los pantalones remendados y sombrero de paja rasgado para los muchachos. La fiesta comenzaba temprano permitiendo la presencia de niños y jóvenes que se enca...

Dona Joaquina do Pompéu, a Dama do Sertão

Publicado por Padre Joao Delco Mesquita Penna
Data da publicação: 30/05/2022

A história do país é repleta de mulheres corajosas, empreendedoras e sempre dispostas a vislumbrar, de cabeça erguida, novos horizontes e oportunidades. Entre os grandes nomes da nossa história está o de Joaquina Bernarda da Silva de Abreu Castelo Branco Souto Maior de Oliveira Campos, a poderosa Joaquina do Pompéu, a Dama do Sertão, ou simplesmente a Sinhá Brava! Não se sabe como era a real fisionomia da fazendeira,...