Comportamento

Medicina: pacientes ou cobaias?

Publicado por Carlos Scheid
Data da publicação: 12/01/2017

Entre os motivos de queixas dos cidadãos contra os governantes de hoje, destaca-se a falta de acesso aos serviços médicos. Como pano de fundo, a crença generalizada de que o atendimento médico contribui para a saúde das pessoas. No polo oposto, cresce um movimento cada vez mais forte contra a medicalização da vida, maré reforçada pela divulgação de abusos médicos no mínimo horripilantes: receituário de drogas an...

João Bobo

Publicado por Antonio Carlos Santini
Data da publicação: 18/10/2016

Nas vilas do interior, havia um tipo humano bastante comum: um rapaz com certa deficiência intelectual ou mental, mas inofensivo, capaz de conviver sem problemas com a sociedade. Quase sempre era objeto de brincadeiras e zombarias – naquele tempo não se falava em bullying – nem sempre amistosas. Uma das gravações de Ivon Curi, o conhecido chansonnier dos anos 50, contava a história de um deles: o “João bobo”....

Natal e consumo: do sagrado ao comércio

Publicado por Antonio Carlos Santini
Data da publicação: 05/01/2016

Entre os romanos, que dominavam a Palestina no tempo em que ocorreu o primeiro Natal, cultuava-se o deus Mercúrio, associado a Hermes, divindade grega. Mercúrio era o deus da compra e venda, do lucro e do comércio. Seu nome tem a raiz da palavra latina merx [mercadoria], de onde vieram mercador, comércio e… marketing! Se um patrício romano visitasse nosso Natal, haveria de crer que seu deus estava em plena atividade...

A namorada do sobrinho

Publicado por Sebastião Verly
Data da publicação: 15/09/2015

Um jovem que morava com o tio, certo dia chegou em casa e disse ao seu tio que havia terminado o namoro. O tio, mais que depressa, procurou conformá-lo: - você merece uma namorada melhor, aquela é um biscate que jamais te faria feliz. Da sala, onde estavam gritou para dentro de casa e informou à esposa que o sobrinho havia terminado o namoro. A mulher veio logo em socorro do sobrinho e disse: - Aquilo ali é uma safada que...

“Isso dá dinheiro!”

Publicado por Carlos Scheid
Data da publicação: 08/07/2015

Parece folclore, mas quem me contou jura que aconteceu nos anos 60. O fazendeiro pão-duro, mal vestido e barba por fazer, foi à cidade grande tratar de uns negócios. Ao entardecer, postou-se ao lado das Lojas Americanas, junto de um conhecido, à espera do ônibus de volta. Encostou-se na parede e cochilou com o velho chapéu de feltro na mão. Alguém passou e, julgando que fosse um mendigo, lançou uma esmola no chapéu. ...

O que eles pensam de nós?

Publicado por Carlos Scheid
Data da publicação: 22/06/2015

Nós somos os consumidores. Eles são os marqueteiros. Nós, de olhos e bocas abertas (todas elas!). Eles, de olho em nós. Mas antes de olharem para nós, eles se ocupam em adivinhar nossos desejos, nossas ansiedades, nossas expectativas. É assim que eles poderão apresentar na telinha os produtos capazes de fazer a nossa felicidade ainda aqui, neste vale de lágrimas. Ou será que não? Eles, os conspiradores, habitam sem a...

Love is in the air

Publicado por Sebastião Verly
Data da publicação: 10/04/2015

Anteontem, quando fui procurar um livro pelas livrarias da Savassi, observei que aquela região anda muito calma e quase vazia. Entrei numa loja, onde três moças, uma de braços cruzados e duas assentadas no sofá para clientes, levantaram-se sorridentes pensando tratar-se de escasso cliente. Não o era. Eu queria apenas uma informação. Que decepção. Do passeio ou calçada, do outro lado da rua, uma funcionária do Resta...

Separada, porém fiel

Publicado por Tarzan Leão
Data da publicação: 06/08/2010

Já completara mais de quatro anos que Martha havia se separado do seu esposo. Aliás, verdade seja dita, a história não é bem assim. O que consta é que, há mais de quatro anos, ela foi abandonada por Geraldo, que a trocara por Patrícia, sua melhor amiga. Patrícia não saía da casa de Martha. Sua dedicação à família era admirável: cuidava dos filhos do casal, lavava, passava, cozinhava. Enquanto Martha corria de u...