Arquivo do Autor

Arrogância e autoconfiança

Publicado por Carlos Bittencourt Almeida
Data da publicação: 28/05/2019

Vou colocar de início sinônimos de arrogante para que não haja dúvidas: dono da verdade, metido, pretensioso, prepotente, ignorante, orgulhoso, insolente, vaidoso, autoritário, mandão, opressor, ditador, intrometido. Coloquei as palavras no gênero masculino, mas manifesta-se com frequência também nas mulheres. Todos conhecemos pessoas que apresentam esta característica em alto grau. Não são pessoas fáceis de se co...

Emagrecer

Publicado por Carlos Bittencourt Almeida
Data da publicação: 16/05/2019

A maioria de nós, mais cedo ou mais tarde, tem de lidar com a questão do excesso de peso. Alguns tem este problema desde a infância, outros a partir da adolescência, outros ainda depois dos trinta ou quarenta anos. À medida que os anos passam a tendência é comer além do necessário. No período de crescimento, até 15 ou 20 anos o corpo consome parte do alimento para construir a si próprio, crescer. Alem disto a crian...

Sensualidade e Erotismo

Publicado por Carlos Bittencourt Almeida
Data da publicação: 25/04/2019

Estas são palavras às vezes usadas como sinônimos, mas aqui vou diferenciá-las. Sensualidade, do modo como vou usar neste texto, tem um sentido amplo, abrangente. Significa nossa percepção através de ver, ouvir, tocar, cheirar, saborear, mover-se, vivenciar o equilíbrio ou o desequilíbrio, vivenciar sensações internas em nosso próprio corpo, sentir frio ou calor. É a nossa sensualidade que nos permite viver e agir...

Dança de salão, alegria e desafio

Publicado por Carlos Bittencourt Almeida
Data da publicação: 10/04/2019

Falo aqui de vivências pessoais num periodo de 5 anos, sempre em aula particular de dança de salão: Forró, Samba, Zouk e Bolero, numa frequência de algumas horas por semana, totalizando aproximadamente 800 horas aula, com 3 professoras em longos períodos de tempo e com outras em períodos mais breves. Não tenho a vivência de situações grupais. Abordo a dança de salão enquanto relação humana sui generis. Podemos d...

Amor e Desejo

Publicado por Carlos Bittencourt Almeida
Data da publicação: 08/04/2019

O que chamo aqui de desejo, nas relações humanas, é o prazer que eu vivencio quando a pessoa com quem me relaciono faz, expressa ou é aquilo que me agrada. Desejo então alguém porque é atencioso comigo; aconselha-me quando eu preciso; passeia comigo quando eu quero; elogia-me; compreende minhas dificuldades; proporciona-me prazer sexual. Quando duas pessoas convivem e a maior parte do tempo uma é capaz de satisfazer os...

Solidão

Publicado por Carlos Bittencourt Almeida
Data da publicação: 27/03/2019

Temos, entre outras, duas necessidades fundamentais. Gostamos de companhia, queremos ter alguém com quem compartilhar nossos sentimentos e pensamentos, nossas preocupações e alegrias. Alguém que se importe conosco, com quem possamos contar. Por outro lado dá prazer o sentimento de independência, de capacidade. Eu posso contar comigo mesmo, eu posso resolver problemas e dificuldades sozinho. Sou capaz de realizar algo por...

Contrato de casamento

Publicado por Carlos Bittencourt Almeida
Data da publicação: 10/09/2014

Consulta do leitor Augusto Cantanhede “Sou Augusto Cantanhede, jornalista no Folha Universal. Estou trabalhando numa matéria cujo tema é o homem casado que ainda mantém hábitos de solteiro. O homem que ainda age como se não tivesse uma esposa para dar atenção, que não liga para comunicar suas atividades, que passa o seu tempo livre com os amigos e esquece da esposa, tem amizades femininas que são pegajosas e muito ...

Mulheres insaciáveis

Publicado por Carlos Bittencourt Almeida
Data da publicação: 30/07/2014

Carlos Bittencourt Almeida, em resposta ao leitor ‘Pensativo’, do artigo Homens Perigosos Se buscamos um equivalente feminino ao perfil que descrevo no artigo “Homens Perigosos”, ele seria bem descrito nas palavras Mulheres Insaciáveis. Os homens tendem mais frequentemente a ameaças de violência, atos violentos. As mulheres, em geral, são mais sutis, mais indiretas. Visam ao mesmo fim, mas pressionam de mod...