Tamanho da Letra: [A-] [A+]

Pequeno Dicionário Amoroso

Publicado por Vânia Rodriguez em Cinema e Vídeo
data: 16/02/2011


Obra cinematográfica, dirigida por Sandra Werneck, que marcou história no Festival de Filmes Românticos de Verona. Traz uma inovação do modernismo no cinema brasileiro. Luiza (Andréa Beltrão) e Gabriel (Daniel Dantas) vivem uma linda e conturbada história de amor, feita de paixão, intriga, incertezas e muito romantismo. Também no elenco Tony Ramos e Mônica Tôrres. Participações especiais: José Wilker e Glória Pires.
Incrível, apaixonante. Traduz de forma excêntríca a relação de um casal. Essa relação é toda detalhada através de verbetes, seguindo a ordem alfabética, daí o nome do filme.
Fotografia lindissísma, os diálogos têm um tom adocicado com boas pitadas de pimenta fresca.
A trilha sonora é um show! Conta com a irreverência de Ed Motta e João Nabuco que marcam uma sensação de possibilidade e mutação que vão muito além de um simples rítimo musical. É demais!
Incertezas, desafios, sensualidade estão presentes nesta ousada e complexa obra do cinema nacional que condensa o sucesso da proposta de se fazer cinema de forma singular e alternativa que os cineastas brasileiros têm se empenhado em difundir globalmente.
Casar é preciso ou não? Questão de opção!
Tente! Invente! Construa a sua própria concepção!
Assista! É uma experiência excitante.
Até a próxima!
Veja o trailer:

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Cinema e Vídeo

Vânia Rodriguez - Professora, Cinéfila. Residente em Betim - MG.
Deixe um comentário