Tamanho da Letra: [A-] [A+]

Rupestres

Publicado por Líria Porto em Poesia
data: 16/06/2011

 

entre a história dos dois

a montanha a separá-los

de um lado a pouca força

do outro palavras parcas

e as rochas tão caladas

 

de cá vivia uma louca

de lá morava um poeta

o homem sangrava versos

as unhas dela rasgavam

feriam a pele da pedra

 

e a fina chuva regava

os gestos do amor eterno

 

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Poesia

Líria Porto - Poeta, residente em Belo Horizonte - MG.
Deixe um comentário