O risco do bordado

Poetry

O risco do bordado
Data da publicação: 19/04/2018

Os dias são o fio de uma trama Que a História vai tecendo ponto a ponto E, enquanto existe vida, não está pronto O risco do bordado de quem ama. Um lado do tapete não reclama Do avesso que lhe faz o contraponto, Mas a lã branca sempre dá desconto Ao fio negro que rolou na lama. Pessoas são tecidas lentamente: Não são desenhos feitos de repente Nem gesto aleatório do sujeito… E Deus, qu...

O filho, sempre grato

Religion

O Filho, sempre grato!
Data da publicação: 18/04/2018

Meu pai nasceu muito pobre. Foi adotado por um casal que, além dele, cuidou de mais 16 crianças carentes. Ele contava histórias da bondade dos meus avós para com todos, inclusive com os animais. Meu avô, Lao Monteiro de Carvalho, aposentava seus animais em gratidão aos serviços prestados. Belo exemplo! Transcrevo, emocionado, a carta de meu pai aos seus, por ocasião da Páscoa de 1955, publicad...

além do muro

Poetry

Além do muro
Data da publicação: 12/04/2018

Cruzando as ruas tristes da cidade, Talvez, ao longe, há de escutar um sino Que convida você a ser divino: - Não se contente em sua humanidade! Eu sei: você contempla a Imensidade Com saudade das asas de menino Roubadas pelo vento de destino Precocemente, na primeira idade… Não sufoque a saudade! Não sufoque Esse soluço que lhe causa um choque Quando vê a criança no jardim… Deus tr...

regresso

Poetry

Regresso
Data da publicação: 09/04/2018

Sorry, this entry is only available in Português.

um olhar sobre pompeu

Cultural Chronicles

Um olhar sobre Pompéu – parte I
Data da publicação: 06/04/2018

Sorry, this entry is only available in Português.

Desistências

Poetry

Desistências
Data da publicação: 03/04/2018

Sorry, this entry is only available in Português.

Raffaello_Sanzio_Ressurreição

Reader's Space

Reader’s Comments – 2nd half March 201...
Data da publicação:

Fernando em “Enchente das goiabas ou de São José” É o encontro com a liberdade deixem as águas rolarem. —————————– wesley em “Último registro” Desses tempos bicudos, como dizia ti-virgula, até a poesia anda a correr. Quem sabe volta. O mestre AA aqui, enigmaticamente, a anuncia? Posso estar enganado, mas creio que sim. Ele é o seu arauto, entre nós, o...

Esse sujeito chamado leigo IV

Religion

Esse sujeito chamado leigo – parte IV
Data da publicação: 28/03/2018

Sorry, this entry is only available in Português.