Tamanho da Letra: [A-] [A+]

Casa-navio

Publicado por Edmeia Faria em Poesia
data: 17/02/2014

A casa de Pablo Neruda
é uma casa-navio
ancorada em Ilha Negra

Na casa-navio do Poeta
navegam os sonhos
no Pacífico mar

Em seu leito de pedra
dorme o Poeta
enquanto na casa-navio
navegam os sonhos

Chile: Isla Negra, 06-09-2001.

O poema Casa-Navio, da escritora Edméia Faria,integra a exposição  e antologias “Um Poema a Pablo Neruda”(2010) e Um Canto de Amor; Mil Poemas a Pablo Neruda (2011).

Idealizada e organizada por Alfred Asís em comemoração aos 106 anos do nascimento do Poeta chileno, a exposição itinerante reúne obra de 133 poetas de 31 países.

Inaugurada no mês de julho de 2010, os poemas foram, inicialmente, afixados diante da casa museu de Pablo Neruda em Ilha Negra. Depois de percorrer o Chile, a exposição segue para outros países e viajará pelo mundo inteiro. A 2ª antologia reúne obra de 36 países.

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Poesia

Edmeia Faria -
Deixe um comentário