Tamanho da Letra: [A-] [A+]

Canção de Retalhos

Publicado por Edmeia Faria em Poesia
data: 10/04/2013

É por te amar que eu canto essa
Canção

Amor, amor, amor
Nació de Dios, para los dos
Nació del alma

E na noite cheia de encantamento
De tuas mãos suaves senti o calor

Nem tentei fugir
Do visgo que me prendeu
Dentro do seu olhar

Sabia que era amor
E vinha pra ficar

Esse amor é a coisa mais linda
Que eu já senti

Vivia uma autêntica magia
Querendo conhecer mais de você

Et puis un jour j’ai vu changer tes yeux
Duas naves de prata
Perdendo contato
Sumindo no ar

Foi um vaso de cristal
Que partiu dentro de mim

Mon coeur est resté seul sans amour

Mas é melhor querer e depois perder
Que nunca ter querido

Não desespere, não
Nem pare de sonhar

Olha que céu azul
Azul até demais

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Poesia

Edmeia Faria -
2 Comentários
  1. Nádia Campos

    q lindo florbela!

    • Edméia Faria

      Assim você me derrete, Nádia, com a sua sensibilidade.
      Carinhos.

Deixe um comentário