Tamanho da Letra: [A-] [A+]

Anúncios da Primavera

Publicado por Edmeia Faria em Cotidiano
data: 08/08/2013

Últimos dias da exposição de ipê cor-de-rosa na Praça da Liberdade e ruas da Capital Mineira. Vale conferir. É só suspender, por um instante, os pensamentos e erguer um pouco o olhar. Ah!, tem também um tapete estendido no chão. É preciso caminhar com cuidado para não pisar as flores que bordam a paisagem.

Se Você é desses que gosta de exercício e tem molejo, curve até os pés e apanhe uma florzinha madura. Dentro, uma semente canta a marcha da vida. Pode apanhar e levar para casa. Sem cerimônia. É um presente do Expositor. O transporte deve ter o cuidado de quem carrega um segredo de amor no coração.

Esta semente é mágica. Plantada e cultivada com carinho, reproduz, na mesma  época, o quadro original. No local de sua preferência. O Poeta Paschoal Motta vem há muito preparando a sua coleção. Já fez mais de cento e vinte mudas. A ideia é criar um portal na entrada de São Pedro dos Ferros, cidade natal do autor. Vamos aguardar para anos vindouros a abertura desta original exposição.

Em Pompéu, interior de Minas Gerais, agosto inaugura, na Praça da Matriz e nos cerrados, mais uma de suas bilionésimas exposições da espécie amarela. Símbolo nacional. As tonalidades vão do amarelo pálido ao escandalosamente dourado.

A entrada é franca.

Recomenda-se deixar o carro e viajar de ônibus, com olhar atento e mente vazia. A Viação Sertaneja tem uma linha que atende aos visitantes em diversos horários. Sugere-se,  de manhãzinha quando o sol nasce dourando tudo. E, no final da tarde, hora que o por-do-sol apresenta o mais belo espetáculo a céu aberto. Explosão de cores de variados matizes. Luz e sombras.

Vamos aproveitar em gozo sem palavras esses anúncios da primavera.

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Cotidiano

Edmeia Faria -
Comentário
  1. kayo cristtyann lima peixoto

    Edmeia, querida Edmeia, tu és o poema de amor vivo. Saudades eternas.

Deixe um comentário