Tamanho da Letra: [A-] [A+]

William Shakespeare – Frases – parte I

Publicado por Editor em Filosofia, William Shakespeare
data: 14/05/2014

1564 — 1616, considerado o maior escritor de língua inglesa

e o mais influente dramaturgo do mundo

O tempo

Eu aprendi que quanto menos tempo tenho, mais coisas consigo fazer.

Se todo o ano fosse de férias alegres, divertir-se seria mais aborrecido que trabalhar.

Aprendi que são os pequenos acontecimentos diários que tornam a vida espetacular.

Chorar sobre as desgraças passadas é a maneira mais segura de atrair outras.

O mal que os homens praticam sobrevive a eles, o bem quase sempre é sepultado com eles.

Deus não fez tudo num só dia, o que me faz pensar que eu possa?

Atiramos o passado ao abismo, mas não nos inclinamos para ver se está bem morto.

Nestas linhas com o tempo crescerás.

Escalar colinas difíceis requer um ritmo lento no início.

Tudo o que nasce deve morrer, passando pela natureza em direção à eternidade.

A premência do tempo ajeita muitas coisas a seus desígnios, decidindo, por vezes, no momento mais grave, o que um processo interminável não pode fazê-lo.

Lamentar uma dor passada, no presente, é criar outra dor e sofrer novamente, porém acho que não posso sofrer mais do que já tenho sofrido…

Não sente em baixo de uma árvore esperando-a crescer, florir e dar frutos e o fruto cair na sua boca. Pelo menos levante e pegue o fruto, já é um bom começo..!

Águas passadas não voltam, a não ser se for num rio..!

Tudo que eu mais quero nessa vida é consertar meu passado.

No mesmo instante em que recebemos pedras em nosso caminho, flores estão sendo plantadas mais longe. Quem desiste não as vê.

Tão fora de tempo chega quem que vai depressa demais como quem se atrasa.

Tudo vai bem quando termina bem.

Sendo o fim doce, que importa que o começo amargo fosse? Bem fica o que bem acaba.

Da vida virei vítima pois o passado me condenou, o presente está me punindo, o tempo virou um promotor, mas tenho fé em Deus que o futuro me libertará, pois ele é o juiz!

O passado é um prólogo.

Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo.

O Tempo é muito lento para os que esperam.

Muito rápido para os que têm Medo.

Muito longo para os que lamentam.

Muito curto para os que festejam…

Mas, para os que amam, o Tempo é eterno!

Tentei passar sabedoria ao povo, por meios medíocres.

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Filosofia William Shakespeare

Editor - O editor coleta noticias interessantes e publica para informação dos leitores.
Comentário
  1. robson jose moreira abrantes

    Muito bom! Escrever mais do que isto estraga o texto.

Deixe um comentário