Tamanho da Letra: [A-] [A+]

Viola de Feira * Pereira da Viola convida Nádia Campos

Publicado por Editor em Cultura e Arte, Eventos, Música
data: 25/05/2018

pereira_da_viola_nadia_campos


27/05/2018 – Domingo – 11 às 13:30 hs
Centro Cultural Padre Eustáquio
Rua Jacutinga, 821, Padre Eustáquio
Acesso Gratuito
Informações Produção – Nilce Gomes: 31 98515-7122

Viola de Feira pretende fomentar e difundir a viola caipira, realizando shows mensais no Centro Cultural Padre Eustáquio, no último domingo do mês sempre às 11h.

O público será presenteado com um repertório variado, com canções autorais e peças da cultura popular brasileira. Este projeto possibilita, sem dúvida, um leque de opções, de encontros e trocas culturais, jogando um facho de luz sobre a cultura brasileira. Para que a arte de pintar também faça parte do Viola de Feira, o cenário dos espetáculos foi pintado pela artista plástica Marina Jardim durante a primeira edição do projeto no dia 25 de fevereiro de 2018.

Pereira da Viola

No palco, uma viola Rio Abaixo, outra viola em cebolão, um violão tradicional e duas vozes. Este é o cenário da cantoria que Pereira da Viola, acompanhado pelo irmão Dito Rodrigues (voz e violão) prepara especialmente para o Viola de Feira contando ainda com a convidada dessa edição, Nádia Campos.

Cantor, compositor e violeiro, Pereira da Viola é um destes raros exemplares de músicos ligados à sua origem, que conservam ao longo de sua carreira as características marcantes de sua história pessoal, da terra onde cresceu, de sua gente e de seu aprendizado musical. Nascido na Comunidade Quilombola de São Julião – município de Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri, em Minas Gerais, Pereira é filho de foliões: João Preto (sanfoneiro) e Mãe Augusta (cantadeira de Folia de Reis e de todo tipo de cantigas de roda, batuques e brincadeiras). Ainda criança, Pereira da Viola acordava à noite ao som das folias que visitavam sua casa trazendo violas, sanfonas, caixas de folia e muita cantoria. Neste ambiente sonoro, fez-se a base de sua musicalidade – permeada pela ampla leitura da riqueza poética, melódica e da diversidade rítmica da música de raiz e da cultura popular.

Nádia Campos

Nesta apresentação, Nádia Campos tocará sua viola e canta acompanhada do violonista Guilherme Melo. Ela faz uma passeio por ritmos tradicionais brasileiros como modas, congadas, folia, um fado de sua autoria e ainda experimentações com ritmos latinos tocados na viola.

Nádia Campos canta desde os seis anos, um canto sem fronteiras em consequência do seu espírito andarilho. Nasceu em Minas Gerais. Ama a natureza e canta a luta pela sobrevivência do que é puro e essencial. O gosto pelo simples e pelas culturas tradicionais levou-a a enveredar-se pelos caminhos das raízes brasileiras e latino americanas.

Mais informações: https://www.facebook.com/events/442789616174566/

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Cultura e Arte Eventos Música

Editor - O editor coleta noticias interessantes e publica para informação dos leitores.
Deixe um comentário