Tamanho da Letra: [A-] [A+]

Última Semana – Mostra de Cinema Russo em BH 100 Anos da Revolução de Outubro

Publicado por Editor em Cinema e Vídeo, Eventos
data: 02/10/2017

4semana

13 de setembro a 08 de outubro
Entrada Franca
Local: MIS Cine Santa Tereza
R. Estrela do Sul, 89 – Santa Teresa – BH
Tel: (31) 3277-4699
4ª e Última Semana – 04 a 08/Outubro/2017

• Dia 4 de outubro – 4ª feira – 19h30
STALINGRADO

4semana_01

Direção – Yuri Ozerov (1989), 84 min.
com A. Karapetian, Bujutin Zakariadze, S. Jaskevic, Yu. Durov, Fritz Diz, Ivo Garani, G. M. Henneberg.

Sinopse

Em julho de 1942 tem inicio a Batalha de Stalingrado, a mais decisiva da 2ª Segunda Guerra Mundial, que marca o limite da expansão alemã no território soviético.

A luta durou até fevereiro de 1943.

Com a incrível resistência oferecida pela população de Stalingrado e as forças do Exército Vermelho, as tropas invasoras são derrotadas e a contra ofensiva soviética vence todo o 6° Exército alemão, marcando assim a segunda e maior derrota em larga escala da Alemanha nazista na guerra. A primeira havia sido na Batalha de Moscou (setembro de 1941 a abril de 1942).

• Dia 5 de outubro – 5ª. Feira – 19h30
SONHOS

4semana_02

Direção – Karen Shakhnazarov (1993), 78 min.
com Amaliya Mordvinova, Oleg Basilashvili, Armen Dzhigarhanyan, Arnold Ides.

Sinopse

Na década de 90 do século 19, a condessa Prizorova sonha que é Masha Stepanova, faxineira de um bar em Moscou, no ano de 1993. Em suas incursões ao futuro a aristocrata vê o marido vender fotos dela nua na rua, a fim de ganhar o dinheiro necessário para comprar comida pelos preços altamente inflacionados – com Yeltsin chegaram a 2000%. Mais tarde, os funcionários do governo a intimam a servir de atração sexual para convencer um representante do FMI a liberar os créditos prometidos, mas não concedidos à Rússia. Ácida reflexão de Shakhnazarov sobre o vazio moral e a imitação das piores práticas ocidentais produzidas na Rússia pela restauração capitalista.

• Dia 6 de outubro – 6ª. Feira
17 h – A FILHA AMERICANA

4semana_03

Direção – Karen Shakhnazarov (1995), 94 min.
com Allison Whitbeck, Vladimir Mashkov, Mariya Shukshina.

Sinopse

Abandonado pela mulher que decide viver com um americano rico no país do Tio Sam, músico russo vai ao seu encontro, dez anos mais tarde, visando restabelecer os laços com a filha pré-adolescente.

19:30 – A CIDADE DOS VENTOS
Direção – Karen Shakhnazarov (2008), 105 min.

com Aleksandr Lyapin, Lidiya Milyuzina, Egor Baranovskiy.

Sinopse

Na década de 1970, jovem universitário que se proclama “dissidente” disputa com o amigo comunista o amor da doce Lyuda, enquanto o entusiasmo socialista na URSS vai sofrendo uma gradual, porém contínua, erosão.

• Dia 7 de outubro – Sábado – 19h
TIGRE BRANCO

4semana_04

Direção – Karen Shakhnazarov (2012), 104 min.
com Aleksey Vertkov, Valeriy Grishko, Vitalyi Kiscenko, Karl Krantzkowski.

Sinopse

Encontrado quase morto entre os destroços fumegantes no campo de batalha, o tanquista Ivan Naidionov tem uma recuperação surpreendente que desafia a capacidade de compreensão dos médicos. Mais misteriosa se torna a história quando ele revela que foi atingido pelo Tigre Branco, indestrutível tanque alemão que surge e desaparece por encanto, deixando um rastro de destruição e morte. Ligados por um elo sobrenatural, o homem e a máquina se empenham numa batalha que se projeta para além daqueles tempos.

“Tigre Branco” representou a Rússia na disputa do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, em 2012.

• Dia 8 de outubro – Domingo
17:00 h – LENIN EM OUTUBRO

4semana_05

Direção – Mikhail Romm (1937), 108 min.
com Boris Shchukin, Nikolai Okholopov, Yelena Stratova.

Sinopse

Neste clássico de Mikhail Romm, estamos em 1917. A Frota do Báltico e unidades do Exército estão sublevadas contra o governo Kerenski, unindo as vozes às dos operários e camponeses que exigem paz: a saída da Rússia da guerra mundial. Lenin chega a Petrogrado num trem vindo da Finlândia e na reunião do Comitê Central, de 10 de outubro, derrota as resistências de Zinoviev, Kamenev e Trotsky para deflagrar a insurreição. Paralelamente, as forças contrar revolucionárias organizam uma caçada para matar o líder dos bolcheviques. Os acontecimentos se precipitam em ritmo veloz até o momento final: sob as bandeiras de “Pão, Paz e Terra!” e “Todo Poder aos Sovietes!”, a Revolução de Outubro triunfa.
Dez anos depois do “Outubro”, de Eisenstein, onde o protagonista são as massas trabalhadoras, Romm aceita o desafio de individualizar e dar vida à figura de Lenin. Em 1927, às voltas com a sua teoria sobre o “herói coletivo” e com as limitações do cinema mudo, Eisenstein mostra Lenin no filme, mas não consegue encaixá-lo no processo revolucionário que liderou. Realizado para as comemorações do 20º aniversário da Revolução, em 1937, o filme de Romm é o primeiro onde Lenin fala, pensa e interage como ser de carne e osso.

O filme “Lenin em Outubro” termina com a vitória da Revolução, mas sua estabilização ainda demoraria três anos. Só em março de 1918, após isolar a oposição de Bukharin e Trotsky, Lenin pôde cumprir o compromisso de retirar a Rússia da guerra imperialista, mesmo tendo que ceder territórios à Alemanha. O ato selou a confiança dos trabalhadores, soldados e marinheiros nos bolcheviques, e garantiu apoio ao poder soviético quando as tropas da intervenção anglo-franco-nipo-polaca reforçaram os exércitos brancos que visavam restaurar a velha ordem. A guerra civil durou mais de 30 meses e terminou em novembro de 1920.

19:30 – LENIN EM 1918
Direção – Mikhail Romm (1938), 96 min

com Boris Shchukin, Nikolai Cherkasov, Nikolai Okholopov, Aleksandr Shatov, Vasili Vanin,

Sinopse

Em meio às batalhas que se sucederam após a Revolução de Outubro, Lenin sofreu um atentado, no dia 30 agosto de 1918. Gravemente ferido, consegue se restabelecer algumas semanas depois. Nesta continuação de seu “Lenin em Outubro”, Mikhail Romm volta a conjugar personagens reais e fictícios numa trama carregada de ação, suspense, heroísmo, traição, humor e lirismo, que conduz o espectador ao centro dos acontecimentos e o envolve pela força de seu realismo.

“Lenin em 1918” foi lançado no ano de 1939, com 130 minutos de duração. Em 1956, o filme foi reeditado, passando a ter 96 minutos. É esta a versão que estamos apresentando ao público, com base na matriz restaurada pelo Mosfilm.

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Cinema e Vídeo Eventos

Editor - O editor coleta noticias interessantes e publica para informação dos leitores.
Deixe um comentário