Español
Tamanho da Letra: [A-] [A+]

O Poder Pessoal

Publicado por Editor em Castaneda e Don Juan
data: 21/10/2010

O que determina a maneira de se fazer qualquer coisa é o poder pessoal. O homem apenas é a soma de seu poder pessoal, e essa soma determina como ele vive e como morre. O poder pessoal é um sentimento. Uma coisa como ter sorte. Ou pode-se chamá-lo de um estado de espírito. O poder pessoal é uma coisa que a pessoa adquire sem considerações de sua origem.

Um guerreiro é um caçador de poder, e estou lhe ensinando a caçá-lo e armazená-lo. A dificuldade com você, que é a mesma de todos nós, é a de se convencer. Precisa acreditar que o poder pessoal pode ser usado e que é possível armazená-lo, mas até agora ainda não se convenceu.

Estar convencido significa que você pode agir sozinho. Caçar poder é um negócio muito esquisito. Não há possibilidade de se planejar com antecedência. É por isso que é tão emocionante. Porém, um guerreiro procede como se tivesse um plano, porque confia em seu poder pessoal. Sabe com certeza que esse poder o fará agir da maneira mais correta.

O poder não pertence a ninguém. Alguns de nós podem juntá-lo e depois ele pode ser dado diretamente a outra pessoa. A chave para o poder armazenado é que ele só pode ser utilizado para ajudar outra pessoa a armazenar poder.

Tudo o que o homem faz depende de seu poder pessoal. Portanto, para aqueles que não têm nenhum, os feitos de um homem poderoso são incríveis. É preciso poder para apenas conceber o que é o poder.

Só há um meio de aprender… e este é fazendo as coisas. Só falar do poder não adianta. Se você quer saber o que é o poder, e se quer armazená-lo, tem de tratar de tudo você mesmo. O caminho para o conhecimento e o poder é muito difícil e muito longo.

O poder é uma coisa com que o guerreiro lida. A princípio é uma coisa incrível e rebuscada; é difícil até pensar nele. É isto que lhe está acontecendo agora. Depois, o poder torna-se um assunto sério; a pessoa pode não o possuir; ou pode até nem perceber plenamente que ele existe e, no entanto, sabe que há algo ali, algo que antes não era observado. Em seguida, o poder se manifesta como uma coisa incontrolável que acontece à pessoa. Não me é possível dizer como acontece nem o que é, realmente. Não é nada e, contudo, faz com que apareçam maravilhas diante de seus olhos. E, por fim, o poder é uma coisa na gente, uma coisa que controla os atos da gente e, contudo, obedece a nosso comando.

O poder tem a peculiaridade de passar despercebido quando está sendo armazenado. Um guerreiro age como se soubesse o que está fazendo, quando, na verdade, não sabe nada. Confie em seu poder pessoal. É isso tudo o que temos neste mundo misterioso. A fim de possuir o poder é preciso conviver com ele. Um guerreiro é impecável quando confia em seu poder pessoal, sem considerar que ele seja pequeno ou grande.

Para seguir a trilha do conhecimento é preciso ser muito imaginativo. Na trilha do conhecimento, nada é tão claro como gostaríamos que fosse. Nós somos criaturas de pensamento. Procuramos os esclarecimentos.

Acumulando o poder pessoal chega-se à explicação dos feiticeiros. O poder pessoal o levará com toda a facilidade. A explicação não é o que você chamaria de explicação; não obstante, torna o mundo e seus mistérios, se não claros, pelo menos não assombrosos. Esta é a essência de uma explicação.

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Castaneda e Don Juan

Editor - O editor coleta noticias interessantes e publica para informação dos leitores.
Deixe um comentário