Tamanho da Letra: [A-] [A+]

Exploradores de Energia e Consciência

Publicado por Editor em Castaneda e Don Juan
data: 05/07/2012

Tenha em mente que nem todo batedor que você encontrar pertence ao mundo dos seres inorgânicos. Até agora, todo batedor que você encontrou, excetuando-se o azul, era daquele mundo, mas isso foi porque os seres inorgânicos o estavam seduzindo. Estavam comandando o espetáculo. Agora você está por conta própria.

Alguns dos batedores que irá encontrar não serão do reino dos seres inorgânicos, mas de outros níveis de consciência ainda mais distantes. Os batedores são conscientes de si próprios e certamente fazem contato conosco quando estamos acordados. Mas nosso grande azar é ter a consciência tão ocupada que não temos tempo de prestar atenção. No sono, entretanto, abre-se o alçapão: nós sonhamos. E nos sonhos fazemos contato.

Existe um modo de dizer se os batedores são de outro nível além do mundo dos seres inorgânicos. Quanto maior o crepitar, de mais longe eles vêm. Parece simplista, mas você precisa deixar seu corpo energético dizer o que é o quê. Posso assegurar que ele vai fazer excelentes distinções e julgamentos acertados quando encontrar energia estranha.

O corpo energético, de início, pode distinguir três tipos gerais de energia alienígena. O primeiro são os batedores do mundo dos seres inorgânicos. Sua energia crepita medianamente. Não faz qualquer som, mas tem todas as aparências de uma efervescência, ou de água que começa a ferver. A energia do segundo tipo geral de batedores dá a impressão de um poder consideravelmente maior. Aqueles batedores parecem em vias de queimar. Vibram por dentro, como se estivessem cheios de gás pressurizado. Estes dois são os mais fáceis de detectar. Seus disfarces em nossos sonhos são tão exóticos que imediatamente atraem nossa atenção sonhadora.

Os batedores do terceiro tipo são os mais perigosos em termos de agressividade e poder, e porque se escondem sob disfarces sutis. Uma das coisas mais estranhas que os sonhadores encontram, e que você mesmo descobrirá é esse terceiro tipo de batedor. Até agora você só descobriu exemplos dos dois primeiros tipos, mas isso foi porque não olhou para o lugar certo.

Mais uma vez você caiu vítima das palavras; desta vez a palavra culpada é “itens”, que você tomou apenas como coisas, objetos. Bem, os batedores mais ferozes se escondem atrás de pessoas, em nossos sonhos. Tive uma surpresa formidável quando concentrei o olhar na imagem de minha mãe num sonho. Depois de verbalizar meu intento de ver, ela se transformou numa bolha feroz e amedrontadora de energia crepitante.

Uma coisa desagradável é que eles sempre se associam à imagem de nossos pais ou de amigos íntimos. Talvez por que nos sintamos geralmente à vontade quando sonhamos com eles. Uma regra prática para os sonhadores é presumir que o terceiro tipo de batedor está presente sempre que se sentem perturbados pelos pais ou por amigos num sonho. Um bom conselho é evitar essas imagens de sonho. São puro veneno.

A não ser que você saiba exatamente o que está fazendo e o que quer da energia alienígena, deve se contentar com um olhar rápido. Qualquer coisa além disso é tão perigosa e estúpida quanto brincar com uma cascavel. Os batedores são sempre muito agressivos e extremamente ousados. Precisam ser assim, para sobreviver às suas explorações. Manter nossa atenção sonhadora neles é o mesmo que solicitar que concentrem em nós sua consciência. Assim que concentram sua consciência sobre nós, somos compelidos a ir com eles. E esse, claro, é o perigo. Podemos acabar em mundos além de nossas possibilidades energéticas.

Os seres inorgânicos só se mostram no início dos exercícios de sonhar. Depois dos batedores nos levarem ao seu mundo, não existe necessidade das projeções dos seres inorgânicos. Se queremos ver os seres inorgânicos, um batedor nos leva até lá. Já que ninguém, e quero dizer realmente ninguém, pode viajar sozinho até o mundo deles.

O mundo deles é lacrado. Ninguém pode entrar ou sair sem o consentimento dos seres inorgânicos. A única coisa que você pode fazer sozinho quando está lá dentro é, claro, verbalizar seu intento de ficar. Dizê-lo em voz alta significa colocar em ação correntes irreversíveis de energia. Nos tempos antigos as palavras eram incrivelmente poderosas. Agora não são mais. No reino dos seres inorgânicos, por outro lado, elas não perderam o poder.

Existe uma última questão relacionada com aquele mundo e que nós ainda não discutimos. Em última análise, minha aversão às atividades dos feiticeiros antigos é muito pessoal. Como mestre feiticeiro, detesto o que eles fizeram. Eles buscaram refúgio, covardemente, no mundo dos seres inorgânicos. Argumentaram que, num universo predatório, disposto a nos despedaçar, o único porto possível para nós é naquele lugar.

Eles acreditaram nisso porque é verdade. Como os seres inorgânicos não podem mentir, a conversa de vendedor do emissário do sonho é totalmente verdadeira. Aquele mundo pode nos dar abrigo e prolongar nossa consciência durante quase uma eternidade.

A Consciência Combinada dos Batedores

O batedor azul é um ser consciente, vindo de outra dimensão. É usado pela consciência combinada de seres inorgânicos numa manobra para raptar nosso corpo energético. A consciência combinada de um grupo de seres inorgânicos pode consumir o corpo energético forçando-o a um jorro emocional: a vontade de libertar o batedor azul.

Em seguida, a consciência combinada do mesmo grupo de seres inorgânicos pode puxar a massa inerte para seu mundo. Sem o corpo energético, somos apenas um bocado de matéria orgânica que pode ser facilmente manipulada pela consciência.

Os seres inorgânicos são colados entre si, como as células do corpo. Quando reúnem suas consciências, são imbatíveis. Para eles não é nada arrancar-nos de nossas amarras e fazer-nos mergulhar em seu mundo. Especialmente se nos tornarmos visíveis e disponíveis.

O motivo de você pensar que está doente é que os seres inorgânicos descarregaram sua energia e lhe deram a deles. Isso pode ser o bastante para matar qualquer um.

Os seres inorgânicos estão sempre em busca de consciência e energia. Se você lhes der a possibilidade das duas coisas, o que acha que eles farão? Jogar beijinhos do outro lado da rua?

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Castaneda e Don Juan

Editor - O editor coleta noticias interessantes e publica para informação dos leitores.
Comentário
  1. André

    Aí, é impressionante, vcs são muito bons ! Obrigado !

Deixe um comentário