Tamanho da Letra: [A-] [A+]

Confúcio – Frases – Parte 2

Publicado por Editor em Confúcio
data: 31/05/2012

Virtudes (1)

Todo aquele que diante de um ganho eminente pensa em igualdade, aquele que diante do perigo está preparado para sacrificar sua própria vida, e aquele que não esquece um velho acordo independentemente do tempo em que ele foi firmado – esse deve ser reconhecido como alguém completo.

Examina bem os teus pensamentos e, se os vires puros, puro será também o seu coração.

Coloque a lealdade e a confiança acima de qualquer coisa; não te alies aos moralmente inferiores, não receies corrigir teus erros.

O sábio envergonha-se dos seus defeitos, mas não se envergonha de corrigi-los.

O pródigo é arrogante e o avaro é mesquinho. É preferível a mesquinhez à arrogância.

A virtude está no meio. Quem o ultrapassa não logra mais que os infelizes, privados de alcançá-lo.

Ultrapassar os limites não é um erro menor do que ficar aquém deles.

Quem se modera raramente se perde.

O homem sem constância não pode ser médico nem conselheiro.

Superior é o homem que põe em prática as suas palavras e em seguida fala de acordo com as suas ações.

Mil dias não bastam para aprender o bem, mas para aprender o mal, uma hora é demais.

Quando vires um homem bom, tenta imitá-lo, quando vires um homem mau, examina-te a ti mesmo.

Palavras rebuscadas e roupas insinuantes raramente são associadas à virtude verdadeira.

Quem não conhece o valor das palavras não saberá conhecer os homens.

Não fales bem de ti aos outros, pois não os convencerás. Também não fales mal, pois te julgarão muito pior do que és.

O silêncio é um amigo que nunca trai.

É mais fácil vencer um mau hábito hoje do que amanhã.

A humildade é o fundamento básico de todas as virtudes.

A sinceridade é o principio e o fim de todas as coisas, sem sinceridade nada seria possível…

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Confúcio

Editor - O editor coleta noticias interessantes e publica para informação dos leitores.
Deixe um comentário