Tamanho da Letra: [A-] [A+]

Comentários dos leitores – setembro/2013

Publicado por Editor em Espaço do Leitor
data: 03/10/2013

Peca Pires / Almenara/MG em Lucinho Cruz lança CD “Barracão Brasileiro”

Temos um prazer enorme em compartilhar da amizade deste artista maravilhoso de repertório diversificado que deixa todos maravilhados e encantados, por onde passa, com as suas apresentações.

Sou fã incondicional.

——————————

William em Superação de Um Câncer – parte 1

Olá Danilo, tenho uma prima internada no INCA 2 aqui no Rio, ela se chama Sandra Rangel Caetano, ela esta muito ruim e desde terça, quando a visitei, fiquei abalado com a situação que pude ver, não só a dela mas as dos outros ao redor, eu já imaginava que tudo o que você escreveu, seria o melhor que se pode fazer, mas muitos são desinformados, não têm estas dicas de pessoas como você, que já passou por isso e saiu vitorioso, é experiente neste tipo de batalha, amanhã irei visitá-la e imprimirei esta sua mensagem, para levar para distribuir aos pacientes que puderem e aceitarem suas palavras, se algum dia você quiser ou puder ficarei mais feliz ainda de for adicionado no facebook para eu poder ter mais um amigo abençoado e vitorioso por perto, muito obrigado pelo seu depoimento e que Deus te ilumine e te abençoe por toda vida.

———————-

Danilo Vilela Prado, autor em resposta a William

Prezado William,

Fiquei emocionado com a sua mensagem. A sua sensibilidade com a dor da sua prima, e de outras pessoas que estão em tratamento, tem o poder de liberar energias do bem.

A sua atitude de compaixão contribui para que as forças de Deus sejam direcionadas às pessoas que precisam de ajuda.

O pensamento é como a energia elétrica, que ligada a lâmpadas tem o poder de iluminar o que existe à volta e afugentar a escuridão.

Energia elétrica e pensamento não podem ser vistos. Mas, da mesma maneira que a energia elétrica, a força do pensamento também tem o poder de gerar a luz e a bondade.

Pensamentos bons produzem vibrações boas no ar, na atmosfera, nos ambientes em que vivemos.

Cada pensamento solidário que sai de nossas mentes com intenção de ajudar as pessoas, impregnado de amor, é muito poderoso. Você fez isso com muito sentimento.

Agradeço por divulgar o meu texto às pessoas que dele necessitam. Espero contribuir para aliviar o sofrimento e ajudar as pessoas a superarem a doença.

O impossível não existe. Muitas pessoas conseguiram vencer lutas árduas com a ajuda de amigos e parentes, apesar das doenças graves. Hoje os tratamentos de saúde são muito bons. Os médicos são profissionais que cada vez mais conseguem salvar doentes. Por isso, a fé e a esperança devem ser cultivadas diariamente. Enquanto há vida, há esperança.

Lancei o meu livro no dia 12 deste mês e envio a capa para você conhecer. A linguagem é simples e explico os métodos que usei de maneira didática, de modo que todos podem percorrer os mesmos caminhos que percorri.

Vou rezar para a sua prima. Tenha fé e continue solidário e compassivo. Criei, também, o blog “o templodosguerreiros.com”, no qual divulgarei mais informações sobre como combater o câncer.

Um forte abraço,

Danilo

———————

Andres em Bernardo Riedel, o Professor Pardal brasileiro

Bom dia amigo…O meu nome é ANDRÉS LUCIANO GUERRA TUMANG, sou uma das pessoas aqui no brasil que tenho acesso a muita TECNOLOGIA…Sou radio amador e o que esta faltando aqui no meu XAQUE seria um telescópio, bem pensei, sei lá, em um de 400mm para ter observação mas mor em Piracicaba será que vai funcionar bem, diga por favor qual seria o melhor PROF, e também se possivel o preço…Caso tenha um tempo é digitar o meu nome inteiro no google e o Sr vera um video meu falando em partes de astronomia. Bem, obrigado até mais…73.

———————-

Carlos Luís em Eu pecador

“D”Angelo,cadê o livro? Não sejas egoista.Publique-o. Incomoda-me ser um dos poucos privilegiados a ter acesso ao teu trabalho que está cada vez mais inspirado.

Milton Tavares Campos em Eu pecador

Poetas inspirados na gávea, bons ventos para esta nau.

———————–

Wesley em Eu pecador

Aí está, para quem quiser ler, o maior poeta de Minas, quiçá do Brasil, da atualidade. No mínimo. Eu deveria levar algum prêmio por ter sido o primeiro a publicá-lo. Aliás, não é necessário. Basta o orgulho editorial.

———————–

Lúcio Ferraz em Eu pecador

A poesia retratando o espírito humano em cortes temporais que revelam e desvelam épocas. O poeta-contista rebusca nas intermitências do vivido e do interdito a essência dos tempos da infância distante, e jamais perdida.

————————–

Luiz em Carlos Castaneda – Frases de Don Juan Matus – Sobre os Caminhos

Esta metáfora do caminho com coração tem sido uma luz para mim.

————————–

Cleberson em Os caças militares e as bóias de Alcântara

agora deu pra entender mais ou menos da tragédia em Alcântara, bóias espiãs da Ásia, Europa e por ultimo a espionagem do Estados Unidos. É por isso que nosso governo diz BRASIL um PAIS de todos,,,fora essas ongs estrangeiras e essa epidemia de politicos corruptos.

—————————

Andreia em Redação em Português – Lição 5 – Mensagens Implícitas ou Subliminares

Andreia

Muito boa a explicação, didática e de facil entendimento .

———————————–

Danilo Vilela Prado, autor, em resposta a Andreia

Prezada Andreia,

Muito obrigado pelo elogio. Creio que as mensagens subliminares não devem ser usadas para enganar as pessoas, como vemos algumas vezes em propagandas, que se revelam enganosas.

Recentemente, lancei o meu livro “O templo dos guerreiros” no qual inseri muitas mensagens subliminares com a intenção de influenciar os leitores a terem postura otimista perante a vida. Espero, assim, ajudar as pessoas a ver o mundo de maneira positiva.

Todos aqueles que têm o hábito de redigir podem se esforçar para adquirir a habilidade de usar as mensagens subliminares, que podem melhorar nossa comunicação sincera e ajudar as pessoas.

Bem usada, a mensagem subliminar é útil e necessária.

Atenciosamente,

Danilo Vilela Prado

——————-

Irani Lane Gonçalves em Saudades da BH de outrora

Verly, vc também se esqueceu de mencionar a Igreja da Boa Viagem. Minha mãe nasceu em 1907 e foi batizada lá. O Minas Tenis Club, O Colégio Municipal, no Parque Municipal, que depois mudou o nome para IMACO, o Instituto de Educação, onde só estudavam as normalistas (futuras professoras) e onde também eu estudei. Sou de 1942 e me lembro de muitas coisas de BH daquela época. Tinha também o abrigo, ponto final dos bondes que vinham da região, hoje noroeste e faziam o final ali, R.da Bahia com Afonso Pena. Hoje funciona uma flora naquele lugar. Cine Guarany, na Rua da Bahia, Automóvel Club, com seus salões, que ainda existe no mesmo lugar, só frequentado na época por pessoas da Elite (Classe alta).

—————————-

Oswaldo Braga em XXVII – A caminhada continua

Ufa! Nós é que temos que agradecer: ao Leo, por despertar em você esse amor salvador; a você por reconhecê-lo; e ao tempo, que, sem alterar o seu ritmo, tem cumprido suavemente o seu papel. Tem muito amor ainda para ser reconhecido e vivido.

————————————

Beatriz em XXVII – A caminhada continua

Meu querido, se foi o fio de amor fraterno que te prendeu a nós, acredite que ele é bem mais forte que você imagina. Não estamos aqui por acaso. Cada um de nós tem o seu papel e a sua missão. Para evoluirmos espiritualmente necessitamos cumprir cada uma das nossas atribuições nessa vida e passar com sabedoria e serenidade pelas provas que nos foram atribuídas. Temos na mamãe, sua avó, exemplos de superação que não podem ser descartados. Você ainda tem muito o que fazer e ensinar para nós que te amamos. VIDA!

Te respeito, te admiro,… sou sua fã!

—————————————–

Bill Braga, autor, em resposta a Oswaldo Braga.

Com certeza pai! Não tenho dúvidas de que ainda há muito amor a ser vivido, alguns já reconhecidos, outros por vir… Afinal o Amor é a força maior do Universo..

——————————–

Bill Braga, autor, em resposta a Beatriz.

Oi Dinda…

Hoje tenho essa clareza de que temos que evoluir a partir dos desafios que nos são impostos… Nada é por acaso, e hoje dou um valor imenso a vida… Quem sou eu para ensinar, tenho muito é a aprender com vocês!!

————————–

Antonio Assis Pinheiro em Chile: Preso o assassino do folclorista Víctor Jara

É impressionante a desenvoltura com que os assassinos que depuseram Salvador Allende cometeram impunemente tantas

atrocidades. São monstros que merecem, no mínimo,

prisão perpétua.

—————————-

RENATA em Cidade Administrativa: servidores apreensivos

ESTOU PRECISANDO FALAR COM URGÊNCIA com um motorista da MGS, não sei o nome dele só sei suas características, tem um cabelo grisalho, usa um brinco e mora em Esmeraldas, estou precisando falar com ele, pois ele esta com um documento meu que ele achou, ME AJUDEM A LOCALIZÁ-LO POR ESSE SITE. Desde já, obrigado.

—————————–

Milton Tavares Campos, editor, em resposta a RENATA.

Renata, os telefones da MGS são: 3239-8400 e 3239-8700. Esperamos que você encontre seus documentos.

Um abraço.

————————–

Denise Paiva, autora, em Frestas de solidariedade – parte 1 – Reencontro

Ontem um amigo do meu marido, me chamou atenção para um erro do editor…. Chamado por mim de Geninho seu nome era Luiz Eugenio Godinho Delgado, e não Eugenio Paiva como aparece no texto.

—————————-

Inocêncio em A superação de um câncer – parte 10 – A saída do labirinto

Grande, Danilo. É muito importante manter esta vitalidade mesmo no labirinto da vida.

———————-

Danilo Vilela Prado, autor, em resposta a Inocêncio

Obrigado, Inocêncio!

Passada a fase da meditação do labirinto, posso afirmar que foi não só uma etapa vencida, mas uma oportunidade de crescimento espiritual.

Aceitei espontaneamente o desafio de praticar a meditação do labirinto e posso assegurar que foi a melhor decisão. Foi enfrentamento pessoal necessário para tomar consciência plena do inimigo e vencê-lo pouco tempo depois.

Um forte abraço,

Danilo

————————

Rosangela Fonseca em II – Santa da Pedra, Romaria e Devoção Popular

Adorei a festa de santa da Pedra,nunca tinha ido mas já havia ouvido falar bastante.O show com DI Paulo e Paulino foi simplesmente maravilhosO !!!!!!!Espero ir outras vezes

—————————

Julio Cesar Diniz Rocha em Bernardo Riedel, o Professor Pardal brasileiro

Em resposta a Fernando Mineiro.

Prezado Fernando, bom dia.

Como faço para entrar em contato com o Professor Riedel ou sua equipe? Tenho interesse em um curso de formação para uso de telescópio. Gostaria de participar de uma turma como aluno, quando vier a montá-la.

Grato.

Júlio César.

——————————–

Milton Tavares Campos, editor, em resposta a Julio Cesar Diniz Rocha.

Julio, o telefone do professor é 31-3461-9922, o endereço da fábrica é Rua João Carlos, 250, bairro Horto, BH.

——————————–

Bruna, em resposta a LUCAS em Crônica de Ficção

nao é lixo, o texto é muito legal

————————–

Rogério em Comentário dos leitores – 2ª quinzena Agosto 2013

Envio em anexo uma excelente entrevista publicada no jornal Valor Econômico do dia 4/9/2013 sobre a importante questão dos médicos estrangeiros. A entrevista é de um professor titular da UFMG, Dr Francisco Eduardo de Campos que a meu ver levanta a cortina sobre o tema.

http://www.cebes.org.br/internaEditoria.asp?idConteudo=4974&idSubCategoria=30

—————

Lorrany, em resposta a Fernanda, em IV – São Romão: tradições religiosas e culturais

OXE GURIA TU TA FIKANDO LOUCA NAO EXISTE MELHOR LUGAR DO QUE AI, ESSE LUGAR E MINHA VIDA

———————–

Lucinária Santos em Na Era do Rádio

Existe a remota possibilidade de encontrar o audio de um programa completo narrado pelo saudoso Julio Lousada? seria uma feliz e bela viagem nas minhas mais doces lembranças…

—————————

Lucinária Santos em Na Era do Rádio

Compartilho com todas estas opiniões. Saudade dos tempos em que a tecnologia não influenciava na vida das pessoas, onde elas tinham tempo de se reunirem na porta de casa para conversarem, fazerem uma visita aos parentes e amigos, tempo em que o contato com as pessoas era o mais importante. Saudade das demonstrações de fé exposta de forma tão singela e sincera. Lembro-me da meninada brincando na porta de casa e na hora da Ave Maria com Julio Louzada, era uma correria, cada um ia para casa rezar com a familia e depois tomar da água benta, fazendo pedidos tão singelos. Depois voltavam a brincadeiras de pés descalços…

———————–

Lucinaria em resposta a Janaina em Na Era do Rádio

e é justamente isso que procurava, e que me fez devota do Menino Jesus de Praga: até hoje tenho comigo uma imagem D’Ele, antiga, de ombro lascado por causa de uma bolada que atravessou da rua à janela da sala de minha casa: a devoção pelo Menino Jesus de Praga. Que doce saudade de tempos que não voltam mais, a família ao redor do radinho ouvindo, rezando e depois bebendo da água benta…

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Espaço do Leitor

Editor - O editor coleta noticias interessantes e publica para informação dos leitores.
Deixe um comentário