Tamanho da Letra: [A-] [A+]

Comentários dos leitores – 2ª quinzena Agosto 2018

Publicado por Editor em Espaço do Leitor
data: 03/09/2018

voo da águia

Wesley em “Catador de imagens”

Vejo e leio a paisagem, o movimento do dia, o coração batendo no fundo do peito do vivente criado pelo maestro Antonio Angelo. Tudo existe por seu labor e por sua carpintaria. O cenário ganha vida e toma, enfim, a nossa imaginação.

—————————–

Wesley em “Desafio”

Uma pequena obra prima. Quem dera pudesse escrevê-la! Um poeta da mais alta linhagem, esse Antonio Angelo das Oliveiras.

—————————–

MARIA ANGELA BARBOSA JOAZEIRO em “Saudades da BH de outrora”

LI TODOS S COMENTÁRIOS E FIQUEI COM LÁGRIMAS NOS OLHOS MEU PRIMEIRO COLEGIO JARDIM DE INFÂNCIA DELFIM MOREIRA, MEU PAI TRABALHOU A VIDA TODA NO CINEMAS E TEATROS S/A MINHA PRIMEIRA BOLA DE VOLEIL CASA RANIERI, MEUS UNIFORMES MUNDO COLÉGIAL BALET NATALIA LESSA,ADOLESENTE MATINÉ DE 2 AS 4. DEPOIS HORA DANÇANTE AEC, CRUZEIRO, LANCHE NA CAMPONESA UMA DELICIA, SAPATOS NA BTISTOL, PISCINA E VOLEIL NO AMERICA, NAS MANHAS PARQUE MUNICIPAL, LIVRARIA FRANCISCO ALVES, AGJOTA SE NÃO ME ENGANO NA TUPINANBÁS, COM MEU PAI DESDE DE PEQUENININHA GRUTA OK, BICO DE LACRE, MEU PAI ERA CLIENTE DDA BARBEARIA EM FRENTE O CAFÉ PALHARES, E BAR AVENIDA ONDE TINHA SEU GARÇON PREFERIDO ZÉ MARIA.

—————————–

MARIA ANGELA BARBOSA JOAZEIRO em “Saudades da BH de outrora”

ALGUÉN CONHECE PESSOAS QUE ESTUDARAM NO GINÁSIO MONSENHOUR ARTHUR DE OLIVEIRA ERA NA FINAL DO BAIRRO CORAÇÃO DE JESUS EM FRENTE O COLÉGIO SACRE COUER DE JESUS PERTO DA BARRAGEN SANTA LUCIA PROCURO POR COLEGAS FICARIA MUITO GRATA SE PUDESSE ME AJUDAR

—————————–

Lenício em “Aromas – Um escrito despretensioso – parte I”

Impressionante como somos levados pelo autor a aguçar nossa memória olfativa, que venham os vários cheiros.

—————————–

Lenício em “O guarda-chuva de Nhá Chica”

Seria uma espécie de amuleto, que protege contra mau-olhado, inveja, ou mesmo como instrumento de defesa?

—————————–

Mauricio em “Aromas – Um escrito despretensioso – parte II”

Nada mais estimulante que o cheiro da mulher amada, que o exala por inspiração do homem amado. É um toma lá dá cá estonteante!

—————————–

Humberto em “Chegou a hora de partir!”

Para aqueles que como eu adoraram esta poesia recomendo o romance “História de Pobres Amantes” de Vasco Pratolini, romantismo idealista. Tim-tim!

—————————–

Humberto em “Kant – frases VI – Método”

“Quem não sabe o que busca não identifica o que acha”, falou tudo, quem não faz a pergunta certa não tem chance de encontrar a resposta.

—————————–

Rafael Dantas em “A maneira certa de andar”

Usando os poemas para obter a paz interior:
“A idéia da morte é a única coisa que pode dar coragem aos feiticeiros. Estranho, não é? Dá aos feiticeiros a coragem de serem atenciosos sem serem vaidosos, e acima de tudo dá-lhes a coragem de serem implacáveis sem serem convencidos.

Os feiticeiros espreitam a si mesmos para quebrar o poder de suas sombras. Há muitas maneiras de espreitar a si mesmo. Se não deseja usar a idéia da morte, use os poemas. Provoque um choque em si mesmo com eles. Leia ou escute enquanto cala seu diálogo interno e deixa o silêncio interior ganhar impulso. Assim a combinação do poema e do silêncio desfecha o choque.”

—————————–

Sérgio Santos em “O Ponto de Aglutinação”

Vejam que lindo:
“As condições de um pássaro solitário são cinco:
Primeiro, que ele voe ao ponto mais alto;
Segundo, que não anseie por companhia, nem a de sua própria espécie;
Terceiro, que dirija seu bico para os céus;
Quarto, que não tenha uma cor definida;
Quinto, que tenha um canto muito suave.”
(San Juan de la Cruz, Dichos de luz y amor)

—————————–

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Espaço do Leitor

Editor - O editor coleta noticias interessantes e publica para informação dos leitores.
Deixe um comentário