Tamanho da Letra: [A-] [A+]

A Visão Clara e a Fuga dos Voadores

Publicado por Editor em Castaneda e Don Juan
data: 17/05/2012

Vou revelar-lhe um dos segredos mais extraordinários da feitiçaria. Vou descrever para você uma descoberta que levou milhares de anos para os feiticeiros verificarem e consolidarem.

A mente dos voadores foge para sempre quando um feiticeiro consegue se agarrar à força vibratória que nos mantém coesos como um conglomerado de campos de energia. Se um feiticeiro mantém essa pressão por tempo suficiente, a mente dos voadores foge, derrotada. E é exatamente isso o que você vai fazer: agarrar-se à energia que o mantém coeso.

Não se preocupe com seu medo ou temor. Fique tranqüilo, isso não é seu medo. É o medo dos voadores, porque sabem que você irá fazer exatamente o que estou lhe dizendo. Estou certo de que ataques como esses passam rapidamente. A mente dos voadores não tem a menor concentração.

Você pode estar sendo dilacerado por uma luta interna. Bem no fundo de você, você sabe que é incapaz de recusar o acordo em que uma parte sua indispensável, sua capa brilhante de consciência, vai servir como fonte nutritiva incompreensível para, naturalmente, entidades incompreensíveis. E outra parte sua irá contra essa situação com toda a sua força.

A revolução dos feiticeiros é que eles se recusam a honrar os acordos dos quais não participaram. Ninguém nunca me perguntou se eu consentiria em ser devorado por seres com um tipo diferente de consciência. Meus pais simplesmente me trouxeram para esse mundo para ser alimento, como eles mesmos, e esse é o fim da história.

Os voadores são uma parte essencial do universo e devem ser tomados pelo que realmente são: assombrosos, monstruosos. São os meios pelos quais o universo nos testa.

Somos sondas energéticas criadas pelo universo e é porque somos possuidores de energia que possui consciência que somos os meios pelo qual o universo se torna consciente de si mesmo. Os voadores são os desafiantes implacáveis. Não podem ser tomados como outra coisa. Se formos bem-sucedidos nisso, o universo nos permitirá continuar.

Um Exercício de Disciplina e as Manobras da Feitiçaria

Não faz qualquer diferença se você lê muito ou quantos livros maravilhosos pode ler. O importante é que você tenha disciplina para ler o que você não quer ler. O ponto crucial do exercício dos feiticeiros de ir à escola está no que você rejeita, não no que você aceita.

A tarefa dos feiticeiros é enfrentar o infinito e submergir nele diariamente, tal como um pescador submerge no mar. É uma tarefa tão dominante que um feiticeiro tem de pronunciar o seu próprio nome antes de entrar nele. Afirma-se assim a sua individualidade perante o infinito.

O que faz os seres humanos se converterem em feiticeiros é a capacidade deles de perceber a energia tal como ela flui no universo. Quando os feiticeiros percebem um ser humano desta maneira, vêem uma bola luminosa, ou uma figura luminosa em forma de ovo. Os seres humanos não só são capazes de ver a energia diretamente como ela flui no universo, mas realmente a vêem, embora não estejam deliberadamente conscientes de vê-la.

A questão que é da maior importância não é saber que você sempre percebeu a energia diretamente, ou sua viagem a partir do silêncio interior, mas, mais precisamente, uma questão dupla.

Primeiro, você experimentou algo que os feiticeiros antigos chamavam de visão clara, ou perdendo a forma humana: a ocasião em que a mesquinhez humana desaparece, como se tivesse sido um pedaço de névoa surgindo sobre nós, uma névoa que lentamente aclara e se dissipa. Mas sob nenhuma circunstância você deve acreditar que esse é um fato consumado. O mundo dos feiticeiros não é um mundo imutável, como o mundo da vida cotidiana, onde eles lhe dizem que uma vez que você atinja uma meta, permanecerá vencedor para sempre. No mundo dos feiticeiros, chegar a certas metas significa que você simplesmente adquiriu as ferramentas mais eficientes para continuar a sua luta, que, a propósito, nunca cessará.

A segunda parte desse assunto duplo é que você pode experimentar a questão mais enlouquecedora para o coração dos seres humanos. Você mesmo a expressará quando se perguntar: Como, no mundo, isso pôde ser possível sem que eu soubesse que durante toda a minha vida eu havia percebido a energia diretamente? O que me impedia de ter acesso a essa faceta de meu ser?

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Castaneda e Don Juan

Editor - O editor coleta noticias interessantes e publica para informação dos leitores.
Comentário
  1. valdirsopelsa

    “Todo aquele que estuda a obra de Don Juan através dos livros de Castaneda e aplica esse conhecimento na sua vida,aumenta seu nível energético e amplia sua consciência,com a consequente realização de coisas que antes lhe pareceríam impossíveis.A prática da recapitulação,ainda que de forma rudimentar,produz benefícios tanto na ampliação do auto-conhecimento,quanto na recuperação da energia antes canalizada para a repressão das lembranças desagradáveis que a conciência evitava encarar.A destruição do ego,o estilhaçamento do espelho da auto-reflexão,a redução da auto-importância e o silêncio interior são as batalhas diárias de um guerreiro na eterna busca da sabedoria e do poder.Gratidão a todos que se fizeram dignos de veicular esse antigo conhecimento até o nosso tempo e lugar”.

Deixe um comentário