Xamanismo

Medicina Popular e curandeirismo – parte III

Publicado por Sebastião Verly
Data da publicação: 07/03/2018

A casadinha, uma latada de folhas que se tornou rara nos tempos atuais, fervida para banhar os olhos é eficaz na cura da conjuntivite. A alfazema, integra a lista das principais plantas medicinais, já era usada na Antiguidade, quando era utilizada nos banhos gregos e romanos, já que suas flores possuem um aroma muito agradável e calmante. Serve para combate à falta de apetite a até o combate à insônia, para quem sofre ...

Medicina Popular e Curandeirismo – parte II

Publicado por Sebastião Verly
Data da publicação: 27/02/2018

Praticamente todo brasileiro já se tratou com algum medicamento caseiro, já tomou o chá de alguma erva ou folhas e frutos, já visitou um curandeiro, benzedeira ou rezadeira. Tenho um amigo, o Zé Augusto, cuja mãe é benzedeira e diz que não tem poder para ensinar ninguém os seus poderes. Outra que ensaia e procura aprender a benzeção é a psicóloga Clarissa, que ficou muito conhecida em Pompéu quando atendeu pela p...

Medicina popular e curandeirismo – parte I

Publicado por Sebastião Verly
Data da publicação: 23/02/2018

Na Medicina Popular, diferente da Medicina considerada Científica, o indivíduo que vai ser tratado é analisado sob dois aspectos básicos: a saúde de seu corpo e a de seu espírito. Pois, muitas vezes, acredita-se, a pessoa não está com uma doença do corpo e sim uma doença espiritual, como o “mau-olhado”, doença onde a pessoa fica abatida, sem ânimo, provocada pela inveja de outra pessoa. Muitas vezes as ...

Shakitpat

Publicado por Bill Braga
Data da publicação: 21/12/2017

Em minha jornada acabei me deparando com algo que seria uma “busca espiritual”. Esse termo denota algo que esteja fora, distante, e que devemos alcançar. Algo dual, como se eu sujeito tivesse um objetivo, uma meta a alcançar, e chegando lá a busca teria fim. Doce ilusão. Nos meios espirituais muito se fala sobre a tal iluminação, que seria um estado livre de sofrimentos, e pleno, um ser como Buda, enfim. Mas descobri...

XLV – Náufrago de mim mesmo

Publicado por Bill Braga
Data da publicação: 04/12/2017

Aquele dia na praça vivi um momento único. Me perdi de Holly, e talvez de mim mesmo. Me embrenhei naquela energia e me integrei com várias pessoas. Estava solto, preocupado se ia rever ela, mas me jogava na vida como se não houvesse amanhã. Conheci budas, hippies e toda sorte de pessoas. Depois veio o dia seguinte, e novamente eu não estava tão adaptado ao convívio social, e fui internado. Mais uma vez. O drama se repe...

XLIV – Na energia da Copa

Publicado por Bill Braga
Data da publicação: 07/11/2017

Saí daquela internação e estava novamente sem rumo. Resolvi bater de frente com tudo aquilo que me oprimia, não iria tomar os remédios! Estava cansado daquela castração química e resolvi viver na minha plenitude, sem amarras, e enfrentar as consequências. Enfrentei muita resistência da minha família, mas segui em frente. Eram os idos de 2014, ano de Copa do Mundo, e uma energia especial circulava sobre o Brasil. Dur...

XLIII – Um sentido para a vida

Publicado por Bill Braga
Data da publicação: 19/10/2017

Novamente eu estava encarcerado, preso, aqueles que diziam me amar acreditavam que eu representava um perigo para mim mesmo e para os outros. Meu crime, apenas ter ousado ser diferente, pensar além da caixinha, não suportar viver em um sistema hipócrita e buscar na medicina indígena da ayahuasca uma forma de conexão espiritual. Hoje sei que a espiritualidade está em coisas bem mais simples, e que nada externo pode nos tr...

XLII – Desafiando a Matrix

Publicado por Bill Braga
Data da publicação: 09/10/2017

O mundo que me aguardava eu esperava que fosse receptivo. Afinal de contas eu estava em um estado de consciência expandida, pleno de amor, e não havia com o que me preocupar. Era apenas dar tempo ao tempo e todos entenderiam a mágica a que aquela experiência havia me transportado, e por consequência todos entenderiam a importância da ayahuasca na minha vida. Ledo engano. As pessoas no mundo ordinário não estão prepara...