Produção, Energia e Tecnologia

Pesticidas: o perigo aumenta!

Publicado por Antonio Carlos Santini
Data da publicação: 11/07/2016

Além de ameaçarem a saúde humana, os pesticidas poluem o solo, a água e o ar, e aumentam os gases de estufa. Nada justifica a sua utilização crescente.   Reportagem publicada pelo jornal “Le Monde” de 22/03/2016, assinada por Angela Bolis, revela assustadores dados sobre o uso de pesticidas na França, o que ocorre, aliás, em todo o planeta. Naquele país, segundo cifras oficiais, o setor agrícola revela o cre...

O carvão no banco dos réus

Publicado por Antonio Carlos Santini
Data da publicação: 16/06/2016

  Alvo preferencial dos defensores do ambiente, devido a seu papel altamente poluente, a rocha negra ainda é o pilar da geração de eletricidade no planeta. Por que insistir no uso do combustível que ameaça a sobrevivência da humanidade? O jornal “Le Figaro” publicou ampla matéria sobre o assunto, recordando que a revolução industrial do Séc. XIX teria sido impossível sem a queima do carvão, e ainda hoje, a...

O ferro que mata

Publicado por Antonio Carlos Santini
Data da publicação: 10/11/2015

O ferro mata. Mas não é só o ferro. Também morremos de ouro e prata, manganês e bauxita, petróleo e carvão. Rasgamos as entranhas da mãe Terra para semear a morte do corpo e a morte da alma. De todas as atividades econômicas, é a mineração a mais mortal! A mais desumana. No contato com o mineral, o homem vai perdendo pouco a pouco a sua humanidade. Não me refiro apenas ao passivo ambiental que as mineradoras deixa...

Consumo de café no mundo – parte II

Publicado por Sebastião Verly
Data da publicação: 11/08/2015

Outro fator por trás do crescimento da demanda do café em todo o mundo é o aumento de vendas das máquinas de cápsulas de café individual, tipo expresso. Uma pesquisa realizada no início de 2014 pela Associação Norte-Americana de Café (US NCA) constatou que 15% dos entrevistados possuía uma máquina de monodoses em casa, acima dos 12% no ano anterior, e 25% das pessoas disseram que estavam propensas a comprar uma nos...

Consumo de café no mundo – parte I

Publicado por Sebastião Verly
Data da publicação: 31/07/2015

O café é uma das bebidas mais consumidas no mundo. A média mundial por pessoa é 1,3 kg de grão/ano. Mas este número decuplica se citarmos os países maiores consumidores, os finlandeses (12 kg/ano), seguidos pelos noruegueses (quase 10 kg), os suecos (8,4) e os holandeses (8,2). Fala se tanto do capuccino e da fama desta bebida quente na Itália, mas o consumo de café na Itália é de apenas 5,9 kg por pessoa/ano. Dos p...

Países Emergentes, Países Estagnados – Parte 4 – China lidera em Energia Elétrica

Publicado por Afonso Machado
Data da publicação: 17/10/2012

A Revista Estatística da Energia Mundial, “Statistical Review of World Energy”, do grupo British Petroleum, o melhor Atlas Energético Mundial, publica no mês de junho os resultados estatísticos apurados no ano anterior sobre praticamente todas as formas de energia produzidas e consumidas no mundo. Este artigo, publicado pelo quarto ano consecutivo no portalmetro, www.metro.org.br, tem por objetivo mostrar com a ajuda d...

O Petróleo é Nosso!

Publicado por Editor
Data da publicação: 13/10/2011

O Estado do Rio de Janeiro é hoje o grande sócio do governo federal na partilha dos royalties do petróleo. Por estar de frente às áreas da plataforma marítima onde é explorado o petróleo, algumas de suas cidades costeiras passaram a servir de apoio a estas atividades. Como as reservas conhecidas foram crescendo aos poucos, os demais estados federados não se deram conta que, pela Constituição Federal os estados coste...

Países Emergentes, Países Estagnados – Parte 3

Publicado por Afonso Machado
Data da publicação: 13/07/2011

Obama: “O tempo de nossa liderança é agora!” Em discurso proferido perante o Parlamento Britânico em 25/05/2011 o Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou: “O tempo de nossa liderança é agora”, destacando a relevância da aliança Anglo-Americana em um mundo de potências emergentes e novas ameaças. Ele rejeitou o argumento que gigantes emergentes como China, India e Brasil “representam o futuro, e ...