Tamanho da Letra: [A-] [A+]

Renunciação

Publicado por Antonio Ângelo em Poesia
data: 28/03/2014

O arcanjo Gabriel
veio direto do céu
chegou num raio de luz
em tecituras azuis.

E pairou junto a Maria
que àquela hora cerzia
com ágeis e alvas mãos
as roupas dos irmãos.

E disse então Gabriel:
- Oh escolhida de Deus,
ditosa entre os seres,
bendita entre as mulheres!

Para a mais alta missão
prepara o teu coração,
te entrega Ele o filho
para o terreno caminho!

Maria – após isto ouvir –
o anjo vê então sumir
antes de ouvir o clamor:
- Que faço eu do amor?

Sobram apenas silêncio,
um leve cheiro de incenso
e o longe toque de um sino
selou então seu destino.

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Poesia

Antonio Ângelo -
Comentário
  1. Heliane F. Pinto

    Adorei o seu Poema “Renunciação?” Profundo e revolucionário.
    Obrigada por seu respeito e suporte a mulher Antonio Angelo!

    Saudaçoes,

    Heliane.

Deixe um comentário