Tamanho da Letra: [A-] [A+]

Mulher

Publicado por Antonio Ângelo em Poesia
data: 08/03/2017

mulher

Mulher primeira. Primeva.
Tua é a noite. Cintilas
no espaço, num lugar
entre as constelações.

Sob o manto noturno
mais que os astros fulguras.
Força imponderável, lúdica,
miragem que nos empolga.

Serias como a lua
com seus imensos desertos
e em tua face obscura
força e fraqueza debatem-se.

Marcas o duplo destino
da entrega absoluta
e da voragem com que
nos arrastas ao abismo.

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Poesia

Antonio Ângelo -
Comentário
  1. aminthas

    meu caro amigo, esta poesia foi declamada por mim, em vários momentos, a várias donzelas . E senti na pele suas consequências da entrega absoluta ao abismo. Entretanto vou continuar…….. SA MARCHE PARABÉNS ABRAÇO FRATERNO.

Deixe um comentário