Tamanho da Letra: [A-] [A+]

Espera entre montanhas

Publicado por Antonio Ângelo em Poesia
data: 04/08/2011

 

Pelo telefone taxativa

falou sem deixar dúvida:

- Espere-me, chego pelo mar.

 

No e-mail respondi:

- Venha por terra, querida,

pois mar aqui não há.

 

Pelo twitter é que soube -

e outros, junto comigo:

- Ele está a esperar

o que nunca vai chegar.

 

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Poesia

Antonio Ângelo -
Deixe um comentário