Tamanho da Letra: [A-] [A+]

Bons tempos!

Publicado por Antonio Carlos Santini em Cotidiano
data: 29/02/2012

- Salve, Canuto! Quanto tempo!

- É mesmo! Mais de trinta anos!

- Muito mais! Conceição do Rio Verde, 1958… São quase 60 anos!

- Como o tempo passa…

- Bons tempos!

- Lembra do Japonês? Por onde andará?

- Claro que me lembro… Mas o Japonês já mora na cidade dos pés juntos…

- Morreu?

- Atropelado em Brasília.

- Bons tempos!

- Lembra do Pe. Carlos?

- Muito! Um santo homem! Mas já esticou os cambitos… Foi o coração…

- Nunca me esqueço de um zero bem redondo que ele deu ao Sinfrônio, que estava “colando” na prova…

- O Sinfroninho já bateu a caçoleta. Mal de Chagas…

- Bons tempos!

- Bons tempos!

- E o Zé Veras? Tem visto o Zé?

- No último dia de Finados, estive pertinho dele.

- Na Assembleia?

- Não. Ele comprou um lote no cemitério. Infecção hospitalar.

- Mas ele não tinha um irmão médico? O Gumercindo?

- Tinha. Mas também já foi. Bebia demais e bateu com as dez…

- Bons tempos!

- Bons tempos!

- Lembra do Seu Januário, inspetor de disciplina?

- Com aquele jaleco cor de ovo? Claro que me lembro. Também já vestiu um pijama de madeira. Um vento pelas costas…

- Uma vez ele pegou o Teixeirinha no pomar, roubando jabuticabas… Correu um quilômetro e meio atrás do coitado e foi agarrá-lo na prainha do Rio Verde!

- O Teixeirinha também já bateu as pacueras… Insolação.

- Bons tempos!

- Bons tempos!

- Lembra do velho Otoniel? Que tinha uma carroça de aluguel? Vivia às turras com o Padre Lino?

- Pobre do Otoniel!

- Por quê?

- Descansou.

- Mas descansar é bom…

- Bem, ele fechou o paletó…

- Ah! Aí é diferente…

- Bons tempos aqueles!

- Bons tempos!

- Ainda na semana passada, dei de cara com o Chico Maravilha em frente o Cine Brasil…

- Também já bateu as botas. Ontem foi a missa de sétimo dia…

- Morreu de quê?

- Pneumonia.

- Pneumonia simples ou dupla?

- Simples.

- Ainda bem.

- Ainda bem…

- Bons tempos aqueles!

- Bons tempos!

Compartilhar este Artigo

Leia mais artigos em Cotidiano

Antonio Carlos Santini - Licenciado em letras – Português e Francês. Professor de Artes e Ciências Humanas. Evangelizador, compositor, autor de vários livros de catequese e poesia/ Licenciado en letras - Portugués y Francés. Profesor de artes e ciencias humanas. Es evangelizador católico, compositor de músicas religiosas, autor de varios libros de catequesis y poesía. Residente em Belo Horizonte MG
Deixe um comentário